i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
furto em maringá

Ladrões roubam 17 cilindros de gás do HU; funcionários foram enganados e ajudaram

Furto aconteceu na última quarta (1º), depois que homens se apresentaram como representantes de uma fornecedora de gás. Funcionários terceirizados, que trabalham em obras do hospital, não sabiam e ajudaram a carregar os cilindros

  • PorRenan Colombo
  • 03/07/2009 08:44

O furto dos cilindros gerou um prejuízo de cerca de R$ 17 mil, estima a polícia

Dezessete cilindros de gás que estavam no Hospital Universitário (HU) de Maringá, ligado à Universidade Estadual de Maringá (UEM), foram furtados na última quarta-feira (1º). O furto foi feito por homens que se identificaram como representantes de uma empresa que fornece gás ao hospital. Funcionários terceirizados, que trabalham em obras de ampliação do HU, não sabiam da farsa e ajudaram os ladrões a carregar os cilindros em um caminhão.

O hospital registrou queixa na Delegacia de Polícia Civil de Maringá, que investiga o caso. Até a manhã desta sexta (3), ninguém havia sido preso. Imagens feitas pelo circuito interno do posto bancário da Caixa Econômica Federal (CEF) instalado no interior do hospital podem ajudar na identificação dos ladrões.

O Hospital Universitário informa que ainda não sabe quantos cilindros pertencem ao HU e quantos são da empresa fornecedora de gás. A polícia estima o prejuízo do furto em cerca de R$ 17 mil.

Os cilindros roubados continham quatro gases, usados em diferentes tratamentos: nitrogênio (cirurgias ortopédicas), ar comprimido (teste e treinamento de respiradores), óxido nitroso (anestesias) e oxigênio (transporte de pacientes em Unidade de Terapia Intensiva Móvel [UTI] e endoscopias).

Depois do furto, o HU está usando gases de cilindros menores, que não foram levados pelos ladrões. Por meio da assessoria de imprensa, o hospital informa que está providenciando com a fornecedora a reposição dos cilindros furtados.

Furto planejado

De acordo com o HU, na última segunda-feira (29) um homem usando terno e gravata se apresentou no hospital como funcionário de uma fornecedora, que é uma das fornecedoras de gases do hospital. Ele teria circulado por diversos setores do HU, para descobrir onde estavam os cilindros.

O furto ocorreu na quarta (1º), por volta da 11h, e foi feito por mais um de um homem. Os cilindros ficam em um depósito ao lado da lavanderia, que é cercado por grades e protegido por um cadeado, que foi arrombado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.