Na contramão do resultado brasileiro, Maringá e o Paraná apresentaram saldo positivo na geração de empregos no mês de janeiro de 2009, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Ministério do Trabalho. Enquanto que Maringá apresentou saldo de 491 novos empregos com carteira assinada, e o Paraná abriu 1.592 novas vagas, no Brasil foram fechados 101 mil postos de trabalho.

Três setores garantiram o bom resultado em Maringá. A construção civil, que apresentou saldo positivo de 135 postos, o setor de serviços, 186 postos, e a indústria de transformação, com 205 novas vagas.

Outros três setores apresentaram número de contratações menor que de admissões, mas os índices não foram significativos. Seis postos foram perdidos na administração pública, outros três na agropecuária, e 26 no comércio. No geral foram 5.821 admissões contra 5.330 demissões na cidade.

O saldo em Maringá também é positivo no acumulado dos últimos doze meses. No período, 7.954 empregos foram criados na cidade, sendo 74.945 contratações e 66.991 desligamentos.

Em relação ao resultado do Brasil no último mês, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, confirmou que este é o pior mês de janeiro da história.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]