Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Um jovem de 19 anos foi preso na última segunda-feira (5) depois de ter invadido uma casa de madeira e tê-la vendido a uma madeireira na região de Astorga, noroeste do estado. Willian Almeida dos Santos foi surpreendido na propriedade rural, onde ficava a residência, pelo dono do imóvel. A polícia prendeu o rapaz em flagrante, por furto, e outros dois homens envolvidos na compra da madeira da casa, por receptação.

De acordo com o delegado regional de Astorga, Acácio de Azevedo, Santos teria invadido a propriedade rural, próximo ao distrito de Içara, na sexta-feira (2). "Sem mostrar qualquer documentação da residência ele a vendeu para uma madeireira da cidade", disse o delegado. A casa foi totalmente desmanchada e vendida por R$ 600, mas, segundo a polícia, a pequena residência estaria orçada em aproximadamente R$ 4 mil.

E a audácia do jovem não parou por aí. Na segunda-feira (5), Santos teve a idéia de desmontar a mangueira (corredores de madeira onde passam os bois), que ficava ao lado da residência, para vender à mesma madeireira. "Quando ele desmontava a estrutura, o proprietário chegou ao terreno e avisou a polícia", contou Azevedo. O preço da mangueira foi acertado em R$ 400.

O jovem foi preso em flagrante e autuado por furto. Já os envolvidos na compra do material furtado, Ercídio Stoppock, 52, Eurípides Alves Rodfrigues, 46, foram detidos por receptação.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]