A Capitania dos Portos Araguaia-Tocantins abriu nesta quarta-feira (17) investigação para apurar as causas do acidente que resultou na morte do ator, humorista e compositor Arnaud Rodrigues, 67 anos. O artista voltava de barco de uma chácara, onde passou o feriado com a família e amigos. O enterro de Arnaud estava previsto para as 18h no Cemitério Parque Jardim da Paz, na capital. A marinha terá três meses para concluir a investigação.

Na embarcação, que havia acabado de deixar a margem do reservatório da Usina Hidrelétrica de Lajeado, a 26 km de Palmas estavam nove pessoas. Na hora do acidente, ventava e chovia forte

Desde cedo, mergulhadores do Corpo de Bombeiros fazem buscas ao piloto da embarcação, Francisco Ribeiro, 41 anos, que continua desaparecido. O trabalho é difícil, segundo os bombeiros, porque a profundidade em alguns pontos do reservatório, perto do local do acidente, chega a 30 metros. O barco também continua desaparecido.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]