A Câmara Municipal marcou para domingo (20), a partir das 15h, uma audiência pública para discutir a ampliação do horário de fechamento do Minhocão, no centro, e a criação de modelo de gestão municipal para cuidar da limpeza, da manutenção e da segurança da pista elevada, nos moldes das administrações dos parques municipais.

A audiência será no próprio elevado, na alça de acesso a partir da Praça Marechal Deodoro, na Santa Cecília. No sábado (19), outra audiência, agora promovida pela Prefeitura, vai debater o fechamento da Avenida Paulista e outras sete vias aos domingos.

Projeto de lei na Câmara, de autoria do vereador José Police Neto (PSD) previa o fechamento do elevado aos sábados. O texto foi aprovado em primeira votação, mas a medida foi adotada de ofício pelo prefeito Fernando Haddad (PT) antes da aprovação final, que ainda será colocada em votação.

Assim, o texto foi alterado para casar o horário de abertura do Minhocão para pedestres - e fechamento para carros - com o horário do rodízio municipal. A nova proposta é fechar a pista durante a semana sempre das 20 horas às 7h do dia seguinte. Atualmente, a via é fechada para carros, e aberta para pedestres, das 21h30 às 6h30 do dia seguinte.

A outra mudança foi a proposta de adoção de um modelo de gestão para o Minhocão, por parte da Prefeitura, gerenciaria os serviços dos garis e da Guarda Civil Metropolitana para garantir a conservação do espaço, coordenação ações de diferentes secretarias.

A proposta de criação de um parque no Minhocão é defendida por coletivos que estão instalados ao redor do parque. Mas a ideia sofre oposição de grupos organizados de moradores do bairro, que querem que a pista elevada seja derrubada. O Plano Diretor Estratégico estabelece prazo de 15 anos para que a Prefeitura dê alguma outra destinação para a via.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]