i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Motivos seriam dívida de R$ 4 mil e vingança

  • Por
  • 22/09/2008 21:14

A chacina de Guaíra, que deixou 15 mortos e oito feridos, ocorreu por causa de uma dívida de R$ 4 mil e para vingar a morte de um traficante. A explicação é do secretário de estado da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari, que atribui o crime a um acerto de contas do tráfico internacional de drogas. Ele informou ontem em entrevista coletiva que uma força-tarefa com 200 policiais civis e militares está caçando os assassinos, com apoio das polícias Federal, Rodoviária Federal e do Paraguai. "O tráfico de drogas mata todo dia, no mundo inteiro. O que é diferente é a quantidade de mortos. Uma chacina como esta, deste nível, 15 pessoas, não é comum", afirmou o secretário.

Segundo Delazari, a polícia já identificou o mandante e alguns dos autores do crime. "Estamos na caça dessas pessoas, mas há informações que elas estão no Paraguai."

O secretário disse ainda que solicitou a colaboração da polícia paraguaia para tentar prender os acusados. "A polícia brasileira não entrou no Paraguai, nem poderia. Estamos trabalhando no Brasil. Provavelmente amanhã (hoje) vamos ter um contato mais próximo para pedir colaboração neste caso."

Fantástico

Delazari não acredita que a chacina tenha relação com a matéria do Fantástico do último domingo, que abordou o contrabando em Foz do Iguaçu. "O crime é relacionado ao tráfico de drogas, em Guaíra. Aparentemente não tem relação, pois as informações preliminares dão conta de uma vingança da morte de um traficante da região e ainda de uma dívida", disse.

No entanto, a polícia investiga a origem de três carros encontrados no local da chacina, com placas de Brasília (DF), Uberlância (MG) e Osvaldo Cruz (SP). A informação inicial é que eles seriam usados no contrabando.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.