Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Acidente envolvendo Eduardo Abib causou a morte de quatro pessoas em Curitiba no ano passado | Aniele Nascimento / Arquivo Gazeta do Povo
Acidente envolvendo Eduardo Abib causou a morte de quatro pessoas em Curitiba no ano passado| Foto: Aniele Nascimento / Arquivo Gazeta do Povo
  • Eduardo Miguel Abib foi denunciado pelo Ministério Público por homicídio com dolo eventual

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) apresentou nesta quarta-feira (24) denúncia criminal contra Eduardo Miguel Abib, filho de Abib Miguel, ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná. Em dezembro do ano passado, ele se envolveu em um acidente que causou a morte de quatro pessoas, no bairro Batel, em Curitiba.

O promotor de Justiça Marcelo Balzer Correia denunciou o acusado por homicídio com dolo eventual, ou seja, quando o motorista assume uma conduta de risco de provocar a morte de outras pessoas. O MP ainda solicita que Eduardo Abib seja julgado pelo Tribunal do Júri.

Alta velocidade

O acidente com o filho de Abib Miguel ocorreu no início da manhã de 7 de dezembro de 2009. Ele dirigia uma caminhonete Pajero e teria furado um sinal vermelho na esquina da Rua Francisco Rocha com a Avenida Batel. O veículo dele bateu em um carro onde estavam cinco pessoas. Apenas uma delas sobreviveu. No dia do acidente, Eduardo Abib chegou a ser preso em flagrante, mas acabou liberado.

O inquérito policial do caso, concluído na semana passada, indica que Eduardo Abib apresentava sinais de embriaguez e dirigia em alta velocidade. Um laudo pericial concluiu que o acusado dirigia com velocidade entre 117 e 121 quilômetros por hora. O limite na via onde ocorreu a colisão é de 60 quilômetros por hora.

Eduardo Abib é filho do ex-diretor geral da Assembleia Legislativa. Abib Miguel, o Bibinho, está preso acusado de desvio de dinheiro público. O caso foi denunciado pela séria Diários Secretos da Gazeta do Povo e da RPCTV.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]