Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O vigilante de uma empresa de telefonia levou um susto ao encontrar uma colega de trabalho morta na noite desta segunda-feira (7). Arlete Maria Colaço, de 47 anos, estava caída dentro do banheiro, embaixo do chuveiro e cercada de sangue, no prédio que fica na Rua Visconde de Nácar, no Centro.

Segundo a polícia, um dos vigias sentiu falta da mulher e, ao procura-la, teve que dar a infeliz notícia aos colegas de trabalho. Arlete estava caída e tinha um ferimento na cabeça. Os socorristas do Siate chegaram a ser acionados pelos vigilantes, mas como a mulher já estava morta, não puderam fazer nada.

Conforme informado pelos socorristas, o ferimento que Arlete tinha na cabeça pode ter causado a perda de consciência. Ela perdeu bastante sangue, mas em um primeiro momento não foi possível apurar qual foi a causa da morte.

Arlete era contratada de uma empresa terceirizada e trabalhava como auxiliar de serviços gerais. De acordo com os funcionários, tinha costume de tomar banho antes de ir para a casa. Uma equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve no local e os policiais já deram início às investigações.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]