Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Gerson Klaina/Gazeta do Povo
| Foto: Gerson Klaina/Gazeta do Povo

Quatro presos que participaram da fuga da Penitenciária Estadual de Piraquara 1 (PEP I), durante a madrugada deste domingo (15), fizeram uma família refém em Quatro Barras, também na região metropolitana de Curitiba. As pessoas permaneceram nas mãos dos criminosos por cerca de 5 horas.

O quarteto estava armado e a condição para que se entregassem era a presença da imprensa e de um advogado no local. O advogado Igor José Ogar conversou com os presos e eles prometeram se entregar. Após negociação com a Polícia Militar, os quatro liberaram as vítimas, por volta das 12h30.

“Estavam bem preocupados, com medo do que poderia acontecer. Não disseram por que fugiram, mas contaram que viram os presos serem mortos dentro do presídio e inclusive reclamaram disso”, disse o advogado.

Pelo menos dez viaturas da Polícia Militar (PM) e uma do Siate permaneceram no local até o desfecho da ocorrência. Com os quatro criminosos foram apreendidos três fuzis 762 e duas pistolas. As armas apreendidas e os quatro presos foram encaminhados para o Cope.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]