| Marcelo Santana
| Foto: Marcelo Santana

22 mil vão de ônibus para as praias

Quem pretende seguir para o Litoral do Paraná de ônibus não deve deixar para comprar passagens na última hora. Isso porque as praias do estado são o destino mais procurado na Rodoferroviária de Curitiba. A estimativa é de que 40% dos 57,5 mil passageiros que deixarão a capital de ônibus hoje e amanhã seguirão para o Litoral, o que corresponde a 22,8 mil passageiros.

Leia a matéria completa

Movimento até cinco vezes maior

As BRs 277 e 376, nos trechos que ligam Curitiba às praias paranaenses e catarinenses, respectivamente, receberão um número de veículos de quatro a cinco vezes maior que em um dia normal durante o carnaval. Somente na BR-277 devem circular cerca de 190 mil veículos nos dois sentidos. Nas rodovias que dão acesso ao interior a previsão é que o movimento também seja intenso durante o feriado prolongado.

Leia a matéria completa

  • Veja que o número de acidentes voltou a crescer no feriado do ano passado
  • Veja os trechos interrompidos ontem nas rodovias paranaenses
  • Veja o funcionamento dos shoppings, postos de saúde e serviços públicos em Curitiba no Carnaval

A festa mais popular do Brasil é historicamente um período marcado pela tragédia nas rodovias. Nos últimos cinco feriados prolongados de carnaval, 674 pessoas morreram e outras 7.641 ficaram feridas em acidentes nas estradas federais do país. Para tentar coibir a imprudência dos motoristas e reduzir o número e a gravidade dos acidentes, a Polícia Ro­­doviária Federal (PRF) e o Batalhão de Polícia Rodoviá­ria da PM (BPRv) lançaram operações especiais nas estradas de rodagem que cruzam o Paraná.

À zero hora de hoje, a PRF deflagrou a maior ação de fiscalização da dosagem alcoólica de motoristas da história do Paraná. Até a Quarta-Feira de Cinzas, se­­rão feitos 3,6 mil testes de embriaguez nos 3,5 mil quilômetros de rodovias federais do estado. Segundo a PRF, que dispõe de 80 bafômetros em operação, a intenção é desestimular a circulação de condutores alcoolizados.

"Onde houver um posto de fiscalização ou uma viatura da Polícia Rodoviária Federal, o motorista que apresentar sinais de embriaguez poderá ser convidado a soprar no bafômetro", adverte o inspetor Fabiano Moreno, do Nú­­cleo de Comunicação Social da PRF no Paraná.

A corporação mobilizou 700 policiais para atuar no carnaval. Como em todas as operações, haverá fiscalização de velocidade por radar móvel, e serão coibidas as ultrapassagens proibidas.

Nas rodovias de pista simples, a PRF vai restringir o tráfego de caminhões pesados, para reduzir o risco de acidentes. A proibição vale hoje e na terça-feira, das 16 às 22 horas, amanhã e na Quarta-Feira de Cin­zas, das 6 às 12 horas, para caminhões com mais de 2,6 metros de largura, 18,6 metros de comprimento ou 4,4 metros de altura. Os infratores estão sujeitos a multa de R$ 85,14, quatro pontos na carteira e retenção do veículo enquanto durar o período de proibição.

Rodovias estaduais

O BPRv vai empregar todo o efetivo disponível na Operação Car­naval, nos 12 mil quilômetros de estradas estaduais paranaenses. Serão usados 14 radares fotográficos para registrar possíveis infrações por excesso de velocidade. "Vamos fiscalizar todas as infrações de trânsito que possam resultar em acidente, como ultrapassagens proibidas, ou sem condições de segurança", afirma o tenente Sheldon Vortolin, chefe de Operações do batalhão.

O cumprimento da lei seca também será fiscalizado, principalmente nas regiões com maior fluxo de pessoas, como o Litoral do estado. Cerca de 40 bafômetros serão usados nos exames de dosagem alcoólica dos motoristas que apresentarem sinais de embriaguez.

Cautela

Os motoristas devem ter cuidado redobrado nas estradas durante o feriado prolongado: há pelo menos nove pontos de bloqueio ou interdição parcial em razão de quedas de barreira, afundamento de pista ou obras de emergência.

Na Estrada da Ribeira (BR-476), quedas de barreira com afundamento de pista fecharam totalmente a pista nos quilômetros 16 (Adrianópolis) e 107 (Colombo). Nos dois locais, foram abertos desvios.

Já na BR-376, na descida da Serra do Mar, a terceira faixa está interditada entre os quilômetros 668 e 672, no município de Guaratuba, para obras emergenciais. As outras duas pistas no sentido Santa Catarina estão liberadas.

Outro ponto de interdição total é uma ponte no quilômetro 59 da PR-272, entre Pinhalão e To­­ma­zina. No local está liberada apenas a passagem de pedestres.

A PR-239 tem um trecho em meia pista entre o quilômetro 46 e o 53, entre Arapoti e Ven­tania. Na PR-323, o tráfego está em meia pista no quilômetro 335, no trecho Cafezal do Sul-Perobal. À noite, o bloqueio é total, e o desvio é feito por dentro da cidade de Perobal. A Estrada do Cerne (PR-090) tem tráfego em meia pista no quilômetro 27, no trecho que liga as localidades de Bateias e Bela Vista, no município de Campo Largo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]