Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Aniele Nascimento/Gazeta do Povo
| Foto: Aniele Nascimento/Gazeta do Povo

Onze pessoas foram presas durante uma operação deflagrada nesta quinta-feira (13) pela Divisão de Narcóticos (Denarc), da Polícia Civil, para desmontar uma quadrilha suspeita de traficar drogas em Curitiba. Elas faziam parte diretamente do grupo que chefiava o tráfico nos bairros Boqueirão e Hauer.

Segundo a polícia, além do bando preso nesta quinta, outras 15 pessoas foram detidas ao longo dos últimos 10 dias - o que implica na prisão de 26 pessoas ligadas à investigação. Essas prisões foram em operações que aconteceram no Centro de Curitiba, principalmente nas ruas Trajano Reis, Cruz Machado e no bairro São Francisco.

Ainda conforme a polícia, todos os detidos faziam parte de um grupo que usava um bar para lavar dinheiro e vender drogas. A operação, batizada como Zona Leste, reforçou que a quadrilha usava contas bancárias para guardar o dinheiro da venda das drogas. Por determinação da Justiça, três contas bancárias foram bloqueadas. Além disso, foram apreendidos quatro carros e uma moto, que também eram do grupo.

Entre os presos está o suspeito de ser o chefe da quadrilha. O homem, de 36 anos, teria passagens por tráfico de drogas, associação criminosa, homicídio e porte de arma.

Segundo a Denarc, muitos objetos roubados e furtados foram vistos pelos policiais sendo trocados por droga em plena rua. Em um dos flagrantes, os traficantes pegam um colar em troca de cocaína. Até um carrinho de brinquedo e películas de celular serviram como moeda de troca.

Os trabalhos estão dentro do contexto da megaoperação Impacto, deflagrada no dia 14 de setembro pela Sesp e que conta com todas as forças de segurança do estado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]