Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

Reabertura

Parque vai promover educação ambiental

  • Maria Gizele da Silva, da sucursal de Ponta Grossa
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Fechado desde maio deste ano para obras de revitalização, o Parque Estadual do Cerrado, localizado entre os municípios de Jaguariaíva e Sengés, no Norte Pioneiro, vai reabrir para promover a educação ambiental. As obras, segundo a Agência Estadual de Notícias, deveriam ter sido concluídas em agosto deste ano. Mas a previsão é que a conclusão ocorra até meados de novembro, de acordo com a responsável pelo parque, Maria Ângela Dalcomune, que afirmou que o atraso se deve às chuvas de agosto e aos ajustes no projeto. A intenção é abrir o parque com visitação controlada, especialmente para excursões de estudantes da região.

Regularização

O parque foi criado por decreto estadual em 1992, mas foi inaugurado somente em 2001. Há quatro anos, teve sua área ampliada de 420 para 1,8 mil hectares. A área ampliada ainda passa por processo de regularização fundiária. Essa é a primeira grande reforma da unidade, que terá mirante e ponte de acesso, além de benfeitorias no centro de visitação e na casa de apoio ao pesquisador. Também será desenvolvido um programa de extermínio de espécies exóticas, como pínus.

O parque chegou a ter pouco mais de 500 visitantes por ano no período em que esteve aberto. Agora, uma parceria entre o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e a Arauco do Brasil – empresa de reflorestamento que possui uma área no entorno do parque – vai custear a revitalização. Foram investidos R$ 290 mil na reforma da unidade.

Conforme Maria Ângela, o objetivo não é promover um turismo em massa na unidade, mas preferencialmente receber estudantes da região para promover ações de educação ambiental. O parque fica a 14 quilômetros de Jaguariaíva via estrada de terra. A atração principal será o mirante de onde se pode avistar a vegetação e o cânion do rio Jaguariaíva. O trajeto em trilha natural, do centro de visitantes até o mirante, é de cerca de três quilômetros. A caminhada de ida e volta, em meio à vegetação, dura em média uma hora e meia.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE