i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estradas

Pedágio sobe 5% a partir desta quarta-feira

Todas as concessionárias do Anel de Integração vão aplicar reajuste, em média, de 5%, referente à inflação

  • PorGazeta do Povo
  • 29/11/2010 17:16

A Justiça Federal concedeu liminares autorizando o reajuste nas tarifas de pedágio de todas as concessionárias do Anel de Integração – Econorte, Viapar, Ecocataratas, Caminhos do Paraná, Rodonorte e Ecovia. Segundo a Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovia (ABCR), os aumentos de 5%, em média, começam a valer a partir da zero hora de quarta-feira (1.º).

Com o reajuste, o valor mais alto de pedágio é o da Ecovia. A viagem pelo trecho da BR-277, entre Curitiba e o Litoral do estado, passa a custar R$ 13,30 para veículos de passeio. A tarifa mais baixa é da RodoNorte, na praça de pedágio de Jaguariaíva da PR-151. O custo para carros de passeio é de R$ 5,30.

Impasse

Na última semana, o governo do estado negou a proposta de reajuste da concessionária. O secretário dos Transportes, Mario Stamm Junior, justificou a decisão afirmando que as concessionárias não haviam respondido sobre a necessidade de retificação de trechos, duplicações e implantação de obras para melhorar a segurança das estradas. O governo reivindicava a redução da tarifa e a antecipação do cronograma de obras, que têm previsão para ocorrer ao término do contrato de concessão, em 2022. Um contraproposta das empresas, para aumentar o período da concessão, foi descartada pelo governo.

Para os aumentos se tornarem válidos, o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) precisaria homologar os reajustes. O órgão também se colocou contra os novos valores. O diretor da ABCR-PR/SC, João Chiminazzo Neto, disse que a negativa surpreendeu as empresas, já que ao departamento só caberia verificar se os índices estavam corretos.

O reajuste previsto no contrato de concessões firmado em 1998 prevê o porcentual correspondente à inflação do período aplicada a uma fórmula envolvendo diversos índices do setor. O DER, entretanto, não autoriza o reajuste desde 2003, quando Roberto Requião assumiu o governo. As concessionárias só garantem o reajuste graças às liminares concedidas pela justiça.

Concessionárias

As seis concessionárias - Econorte, Viapar, Ecocataratas, Caminhos do Paraná, Rodonorte e Ecovia – são responsáveis pela administração de 2,5 mil quilômetros de rodovias no estado desde 1998. O dia 1.º de dezembro é a data definida para o reajuste anual da tarifa.

O aumento não vale para as concessionárias Autopista Régis Bittencourt (que administra o trecho da BR-116 entre o PR e SP), Autopista Litoral Sul (trecho das BRs 376 e 101 entre PR e SC) e Autopista Planalto Sul (trecho da BR-116 entre PR e SC). Estas concessões foram feitas pelo governo federal em 2007 e as empresas começaram a operar em 2008. O contrato entre a União e as concessionárias prevê reajuste anual no mês de fevereiro.

Confira abaixo as novas tarifas de pedágios definidas pelas concessionárias:

Ecovia (BR-277, PR-407 e PR 508, entre Curitiba e o Litoral do Paraná)

- Pedágio em São José dos Pinhais – R$ 13,30 para veículos de passeio; R$ 11,20 por eixo (caminhões) e R$ 6,70 por moto

Rodonorte (BR-277, BR-376 e PR-151, entre Curitiba e o interior do estado)

- Pedágio em São Luiz do Purun㠖 BR 277 – R$ 5,90 passeio; R$ 5,60 eixo e R$ 3,00 moto- Pedágio em Witmarsun – BR 376 – R$ 8,40 passeio; R$ 6,60 eixo e R$ 4,20 moto- Pedágio em Carambeí – PR 151 – R$ 7,00 passeio; R$ 5,90 eixo e R$ 3,50 moto- Pedágio em Jaguariaíva – PR 151 – R$ 5,30 passeio; R$ 4,40 eixo e R$ 2,70 moto- Pedágio em Tibagi – BR 376 – R$ 7,80 passeio; R$ 6,40 eixo e R$ 3,90 moto- Pedágio em Imbaú – BR 376 – R$ 7,80 passeio; R$ 6,40 eixo e R$ 3,90 moto- Pedágio em Ortigueira – BR 376 – R$ 7,80 passeio; R$ 6,40 eixo e R$ 3,90 moto

Caminhos do Paraná (BR-476, BR-277 e BR-373, entre Curitiba e a região central do estado)

- Pedágio em Prudentópolis – BR 277 – R$ 8,00 passeio; R$ 7,50 eixo e R$ 4,00 moto- Pedágio em Irati – BR-277 – R$ 7,00 passeio; R$ 6,20 eixo e R$ 3,50 moto- Pedágio em Porto Amazonas – R$ 8,00 passeio; R$ 7,50 eixo e R$ 4,00 moto- Pedágio em Imbituva – BR 373 – R$ 7,00 passeio; R$ 6,20 eixo e R$ 3,50 moto- Pedágio na Lapa – BR 476 – R$ 8,00 passeio; R$ 7,50 eixo e R$ 4,00 moto

Econorte (BR-153, BR-369, PR-323, PR-090 e PR-445, na região Norte do Paraná)

- Pedágio em Cambará/Jacarezinho – BR-369 –R$ 11,30 passeio; R$ 10,00 eixo e R$ 5,70 moto- Pedágio em Jataizinho – BR-369 – R$ 12,30 passeio; R$ 10,00 eixo e R$ moto 6,20- Pedágio em Sertaneja – PR-323 – R$ 10,50 passeio; R$ 10,00 eixo e R$ 5,30 moto

Viapar (BR-369, BR-376, PR-317 e PR-444 entre as regiões Norte, Noroeste e Oeste do Paraná)

- Pedágio em Arapongas – BR 369 – R$ 5,60 passeio; R$ 4,80 eixo e R$ 2,80 moto- Pedágio em Marialva/Mandaguari – BR 376 – R$ 5,60 passeio; R$ 4,80 eixo e R$ 2,80 moto- Pedágio em Castelo Branco – BR 376 – R$ 7,50 passeio; R$ 6,30 eixo e R$ 3,80 moto - Pedágio em Floresta – PR 317 – R$ 8,40 passeio; R$ 7,10 eixo e R$ 4,20 moto- Pedágio em Campo Mourão – BR 369 – R$ 8,40 passeio; R$ 7,10 eixo e R$ 4,20 moto - Pedágio em Corbélia – BR 369 – R$ 8,40 passeio; R$ 7,10 eixo e R$ 4,20 moto

Ecocataratas (BR-277 entre a região central e o Oeste do Paraná)

- Pedágio em São Miguel do Iguaçu – R$ 9,80 passeio; R$ 8,70 eixo e R$ 4,90 moto- Pedágio em Céu Azul – R$ 7,50 passeio; R$ 6,60 eixo e R$ 3,80 moto- Pedágio em Cascavel – R$ 8,10 passeio; R$ 6,80 eixo e R$ 4,10 moto- Pedágio em Laranjeiras – R$ 8,10 passeio; R$ 6,80 eixo e R$ 4,10 moto - Pedágio em Candói – R$ 8,10 passeio; R$ 6,80 eixo e R$ 4,10 moto

Veja a localização aproximada das praças de pedágio do Paraná

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.