i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Prisão

PF prende 13 africanos por tráfico de drogas em Guarulhos

Suspeitos são da Moçambique, Tanzânia, e Guiné Bissau. Eles seguiam para Lisboa e tinha ingerido 800 cápsulas com 13 kg da droga

  • PorFolhapress
  • 14/11/2012 16:20

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira (14) 13 pessoas que haviam ingerido 800 cápsulas de cocaína e tentavam embarcar no aeroporto internacional de Guarulhos. Todos os envolvidos estavam em um voo com destino à Lisboa, em Portugal.

Os suspeitos, todos homens, são da Tanzânia, Moçambique e Guiné Bissau, países africanos. Segundo a PF, eles dizem que não se conhecem entre si.

Depois de escoltados até o hospital geral de Guarulhos, os homens expeliram as cápsulas com a droga. De acordo com a PF, o montante tem cerca de 13 quilos.

Dos presos, 11 foram levados ao presídio José Parada Neto, também em Guarulhos, na Grande São Paulo. Dois deles aguardam eventual intervenção cirúrgica, caso não consigam expelir as cápsulas de forma natural.

O flagrante ocorreu dentro da chamada "Operação Bloqueio Aéreo", que visa coibir o tráfico internacional de drogas no aeroporto de Guarulhos. Se condenados, os africanos podem pegar de cinco a 25 anos de prisão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.