i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Operação Carrossel 2

PF revista 113 locais em maior ação contra pedofilia

Como posse de material pornográfico com crianças não é tipificada como crime pela legislação brasileira, apenas três pessoas são presas. Apesar da farta quantidade de material apreendido

  • PorAgência Estado
  • 03/09/2008 21:13
Discos rígidos de computadores apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Carrossel 2 | Divulgação Polícia Federal
Discos rígidos de computadores apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Carrossel 2| Foto: Divulgação Polícia Federal

Projeto levaria 30 e não 3 à cadeia, diz deputado

Caso o Projeto de Lei 3773/08 seja aprovado pela Câmara dos Deputados, operações como a Carossel 2, realizada ontem pela Polícia Federal (PF) vão prender não três, mas trinta ou mais pessoas por pedofilia. Quem afirma é o deputado Geraldo Resende (PMDB-MS), relator do projeto que endurece as penas para o crime no país. Por telefone, o deputado conversou com a reportagem da Gazeta do Povo.

Confira a entrevista

Impor limites é fundamental para garantir segurança dos filhos na rede

A proibição pura e simples não adianta, mas uma conversa séria com a imposição de alguns limites é fundamental para que os pais garantam a segurança dos filhos quando eles navegam na internet. Quem garante é o psicólogo Rodrigo Nejm, diretor de prevenção da SaferNet, uma associação sem fins lucrativos dedicada à navegação segura.

Leia a matéria completa

BALANÇO

A PF promoveu ontem em todo país a Operação Carrossel II, voltada a combater pedofilia e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

650 policiais participaram da operação divididos em equipes; cada equipe contou com um perito criminal especialista em informática para que a análise inicial do computador ocorresse ainda no local.

113 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em 17 estados e no Distrito Federal. No Paraná, foram cumpridos 12 mandados de busca eapreensão e um de prisão preventiva.

Nas operações, os policiais promoveram a apreensão de computadores, discos rígidos, pen drives, cartões de memória, CDs e DVDs. Na primeira Operação Carrossel, realizada em dezembro de 2007, foram cumpridos 3 mandados de prisão e 102 mandados de busca e apreensão.

Fonte: Polícia Federal

Brasília - Na maior operação de combate à pedofilia já feita no Brasil, as buscas da Polícia Federal (PF) resultaram na apreensão de farta quantidade de pornografia infantil em 113 endereços, de onde o material era distribuído pela rede mundial de computadores. As buscas foram feitas em 17 estados e no Distrito Federal.

A maior parte das apreensões se concentrou no estado de São Paulo, com 50 endereços devassados, sendo 22 só na capital. O segundo do ranking foi o Rio Grande do Sul, com 16 mandados.

No Paraná, de acordo com a assessoria de imprensa da PF, seriam cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão contra um agente penitenciário. Até o fechamento desta edição, o agente, que não teve sua identidade revelada, não havia sido detido.

Parceria

A operação, denominada Carrossel 2, foi desencadeada em parceria com a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia do Senado. Entre os endereços visitados pelos policiais há desde modestas casas de favelas a mansões, sedes de grandes empresas, algumas de São Paulo, escritórios de todos os tipos, lan houses, aeroportos e até hospitais.

Entre os suspeitos há casados e solteiros, pobres, ricos e remediados, de profissões diversas, inclusive pediatras infantis. Apenas três pessoas foram presas em flagrante, sendo duas no Rio Grande do Sul e uma em Belo Horizonte.

O diretor da Divisão de Combate aos Crimes Cibernéticos da PF, delegado Adalto Martins, encarregado da operação, informou que as investigações agora vão se intensificar com a análise do material apreendido. Os dados estão sendo compartilhados com pelo menos 70 países, onde milhares de pedófilos foram identificados a partir das investigações desencadeadas no Brasil desde dezembro de 2007, na Operação Carrossel 1. A partir de 18 mil arquivos cedidos pela CPI, a PF estima que pode chegar a 7 mil pedófilos no Brasil e em outros países.

Lacuna na lei

Somente três suspeitos foram presos ontem porque a legislação brasileira não tipifica como crime a posse de material pornográfico infantil. As vítimas são crianças, com idade entre 2 e 17 anos, que foram abusadas sexualmente e tiveram suas imagens distribuídas na internet para consumo da rede criminosa que se estende pelo mundo. "É um absurdo que precisa ser corrigido imediatamente", protestou o senador Magno Malta (PR-ES), presidente da CPI da Pedofilia, que deu entrevista conjunta com Martins na sede da PF.

A operação mobilizou 650 agentes da PF e foi desencadeada simultaneamente ontem em outros seis países, que têm parceria com o Brasil desde a operação Carrossel 1.

Segundo dados da Interpol, o Brasil é o quarto país no ranking internacional da pedofilia, em volume de acessos a material pornográfico infantil na rede mundial de computadores. É superado apenas por Alemanha, Estados Unidos e Itália.

Rede segura

Organizações nacionais e internacionais dedicadas a promover a navegação segura na internet têm seus próprios 10 mandamentos para a rede. Fonte: SaferNetBrasil Infografia: Gazeta do Povo

1 - Seja prudente, você não sabe o que está por trás da tela do computador.

2 - Não diga nem o seu nome, nem a sua idade.

3 - Nunca divulgue a sua senha (password).

4 - Quando estiver na sala de bate-papo (chat), desconfie...!

5 - Não dê o seu endereço.

6 - Nunca envie qualquer foto sua.

7 - Nunca aceite propostas de encontro sem informar aos seus pais.

8 - Não acredite em todas as informações que você recebe.

9 - Não responda aos emails que te ofendam.

10 - Se alguma foto te perturba, saia do site e avise os seus pais.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.