Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Polícia Civil de Joinville (SC) investiga um homem suspeito de ter sequestrado o sobrinho, de apenas 2 anos de idade, em julho de 2008. A delegada Marilise Bohen, responsável pelas investigações, disse ao G1 que o suspeito era foragido da penitenciária de Curitibanos (SC), onde cumpria pena por ter estuprado a própria filha.

Em junho de 2008 o suspeito chegou a Joinville e procurou pela irmã, dizendo que tinha sido libertado. Durante cerca de um mês ficou hospedado com ela. De acordo com a delegada, no início de julho, depois de uma briga com a irmã, o suspeito teria fugido, levando o sobrinho.

A mãe da criança registrou queixa na Delegacia de Proteção à Mulher, Criança e Adolescente de Joinville. Na delegacia, por meio de exame realizado por peritos, foi comprovado também que o suspeito havia molestado sexualmente a outra sobrinha, de 5 anos, segundo a delegada Marilise.

Após seis meses de buscas, no final do ano, uma denúncia levou a polícia à captura do suspeito, em Rio do Campo (SC). Ele e o menino estavam morando em uma chácara na cidade.

O suspeito foi preso no dia 22 de dezembro e levado para o presídio de Curitibanos. A polícia aguarda agora sua transferência para Joinville para prosseguir com as investigações.

Trauma De acordo com Marilise, a criança foi encontrada com o cabelo comprido, vestindo roupas femininas. O menino foi devolvido à mãe na sexta-feira (2). Segundo a delegada, ele está traumatizado e não fala com a polícia. Nos próximos dias a criança deve passar por tratamento com psicólogos.

A delegada informou que ainda não há laudo da perícia comprovando se a criança sofreu algum tipo de violência física durante o tempo que ficou com o tio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]