i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Cascavel

Polícia investiga ameaças a peritos do INSS no Paraná

Profissionais criaram rota de fuga para casos de emergência. Na semana passada, homem ateou fogo no salão de atendimento

  • PorG1/Globo.com com informações do Jornal Nacional
  • 12/03/2010 17:35

A Polícia Federal está investigando uma série de ameaças a médicos peritos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em um posto de Cascavel (PR). A situação chegou a um ponto que obrigou os profissionais a criar uma rota de fuga pra casos de emergência.

A agência do INSS fica em uma avenida no centro de Cascavel. Entram e saem do local 600 pessoas por dia, vindas de 15 municípios. Na semana passada, um homem de 56 anos, que não conseguiu renovar um auxílio-doença, ateou fogo no salão de atendimento. Ele enganou o vigia dizendo que levava galões de detergente, mas levava gasolina. Estragou móveis, equipamentos, fiação elétrica. Oitenta pessoas, entre servidores e segurados, fugiram às pressas.

Esse foi apenas o mais recente episódio de violência contra os funcionários - uma equipe que está preocupada, com medo. Prova disso é uma abertura nos fundos do consultório. Uma rota de fuga, construída para os médicos peritos, e usada em casos de agressão ou ameaça.

A rota foi improvisada com um recorte na parede de todos os consultórios. A ideia da área de escape surgiu há quase um mês, depois que uma médica teve que enfrentar um contribuinte furioso. Os colegas ouviram a gritaria e invadiram a sala, para impedir o ataque. Outro médico, que não quis se identificar, também já foi vítima de ameaças.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.