Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A Polícia Civil investiga se o motorista que atropelou 15 pessoas na saída de uma igreja evangélica na Avenida Roland Garros, na noite de domingo (9), portava drogas. Ele e um casal, que o acompanhava, fugiram depois do acidente.

Em uma perícia no carro abandonado, policiais encontraram 24 invólucros do que aparentava ser maconha e 15 invólucros de substância semelhante a cocaína. A polícia fará testes para identificar se as substâncias são realmente drogas.

A polícia encontrou ainda documentos registrados no nome de quatro homens. A partir destes documentos, uma testemunha reconheceu o motorista, que seria um homem de 31 anos. Ele foi preliminarmente qualificado pela polícia como o motorista do acidente. Os outros três homens também serão averiguados, já que um casal acompanhava o motorista.

O acidente

Por volta das 21h, fiéis saíam do culto em uma igreja evangélica na avenida Roland Garros quando um carro em alta velocidade atropelou um grupo.

Os feridos foram levados aos hospitais Vermelhinho, das Clínicas e Santa Casa de São Paulo. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado.

Parentes dos feridos relataram que o motorista dirigia em alta velocidade antes de perder o controle da direção, atropelar as pessoas na calçada e atingir ao menos um carro parado próximo à igreja, onde uma família embarcava.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]