i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Rio Negro

Polícia prende dupla de assaltantes

Presos eram foragidos da Delegacia de Rio Negro e foram encontrados em Santa Catarina. Eles praticavam assaltos na saída de bancos

  • PorGazeta do Povo
  • 25/09/2008 10:18

Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), de Curitiba, prenderam, na tarde de quarta-feira (24), dois suspeitos de roubar pessoas em saída de bancos e lotéricas em Rio Negro, município da região metropolitana na divisa com Santa Catarina. Alex Sandro Clemente da Costa, 28 anos, e Célio de França Lourenço, 31, eram foragidos da Delegacia de Rio Negro e foram encontrados no estado vizinho.

De acordo com a polícia, eles também estão ligados a uma quadrilha presa na terça-feira (23), acusada de tráfico de drogas e assaltos cometidos em Curitiba e região metropolitana. Luiz Carlos de Oliveira, delegado-titular da DFR, explicou que Costa tem três mandatos de prisão e portava documentos falsos em nome de Alex Diego Molnar de Carvalho.

"Ele foi preso com armas de fogo de calibre restrito da polícia. Os dois já eram monitorados pela polícia de Santa Catarina e confirmaram que haviam cometido roubos a residências em Curitiba", disse o policial à Agência Estadual de Notícias.

Estão sendo feitas investigações sobre possíveis roubos em Curitiba. "Esperamos que com a divulgação da prisão dos acusados, mais vítimas compareçam até a delegacia para registrar queixa", declarou o delegado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.