i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Greve

Policiais civis pedem demissão de secretário de SP

  • PorAgência Estado
  • 23/09/2008 15:48

Há uma semana em greve, policiais civis de todo Estado de São Paulo fizeram nesta terça-feira (23) uma passeata que partiu da Associação dos Delegados do Estado de São Paulo (Adpesp) e chegou à sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), no centro da capital paulista. Os manifestantes pediram a saída do secretário da Segurança Pública, Ronaldo Marzagão. Eles encontraram as portas da secretaria fechadas e guardadas pela Polícia Militar (PM). De acordo com a Adpesp, participaram da passeata mais de mil agentes da capital e do interior do Estado.

O diretor-executivo da associação, André Dahmer, afirmou que Marzagão se recusa a reconhecer a paralisação e ameaça punir os grevistas. Dahmer ainda acusou o governo de estar fazendo represálias. Segundo ele, no Diário Oficial do Estado de hoje foi publicada a transferência do presidente da Adpesp, Sérgio Marcos Roque, que trabalhava no Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) e foi deslocado para o Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap). Para Dahmer, a medida busca desarticular a direção da greve.

De acordo com levantamentos da Adpesp, desde o início da paralisação o número de ocorrências registradas pela Polícia Civil caiu pela metade. A categoria pede reajuste salarial de 15% para este ano, 12% para 2009 e 12% para 2010. A adesão à greve, segundo Dahmer, é superior a 80% na capital paulista e a 90% no interior.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.