• Carregando...

Unidades

Saiba como será o atendimento a partir de janeiro:

• Centro POP Matriz (atendimento diurno geral) – Rua Francisco Torres, 594, Centro.

• Casa das Mulheres ( atendimento à mulher e população LGBT) - Rua Des. Westphalen, 1845, Rebouças. Atendimento integral (50 vagas).

• Projeto Casulo (crianças e adolescentes) - Rua Ébano Pereira, 436, São Francisco. Funcionará como um Centro Dia de atividades para crianças desprovidas de vínculo familiar e não encaminhadas para o acolhimento institucional por determinação da Justiça (40 vagas).

• Casa de Passagem (dia) e Acolhimento Noturno (masculino) – Av. Presidente Getúlio Vargas, 557, Rebouças. Unidade em gestão compartilhada com a Confederação Evangélica de Assistência Social do Paraná (230 vagas).

A prefeitura de Curitiba informou que a partir de amanhã, o Centro POP para atendimento da população em situação de rua , que funcionava dentro da Central de Resgate Social na Rua Conselheiro Laurindo, passará a funcionar na Rua Francisco Torres, 594, Centro. A mudança de endereço faz parte do reordenamento dos serviços de atendimento à população em situação de rua, coordenado pela Fundação de Ação Social (FAS). A alteração é a primeira etapa do processo de fechamento da Central de Resgate, que funciona no mesmo endereço há 20 anos. O encerramento dos serviços na unidade acontece até o fim de dezembro.

Os atendimentos aos usuários em situação de rua não serão interrompidos, segundo a prefeitura, durante as mudanças de endereço. O novo Centro POP Matriz funcionará das 8 às 18 horas com serviço de abordagem social, higiene pessoal e alimentação, oficinas socioeducativas e encaminhamento à rede socioassistencial. Dessa maneira, a partir de janeiro os espaços de atendimento e acolhimento da população em situação de rua masculina, feminina, idosa, LGBT e de crianças e adolescentes vão funcionar em endereços diferentes.

A Central de Resgate Social reunia os serviços do Centro POP Matriz; a albergagem noturna, em convênio com a Confederação Evangélica de Assistência Social do Paraná; e a central 24 horas do Resgate Social, que atende as solicitações de abordagem nas ruas.

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]