i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
resgate

Quatro jovens ficam mais de sete horas perdidos na Serra do Mar

Eles faziam uma trilha no Morro Mãe Catira – um dos pouco visitados da região, nas proximidades da Estrada da Graciosa – e se perderam

  • PorFernanda Leitóles
  • 20/07/2009 13:58

Quatro rapazes foram resgatados na madrugada desta segunda-feira (20) na Serra do Mar, pelo Corpo de Bombeiros de Morretes, após terem ficado mais de sete horas perdidos na mata. Os quatro são de Curitiba e têm 20, 24, 27 e 31 anos. Eles faziam uma trilha no Morro Mãe Catira – um dos picos pouco visitados da região, nas proximidades da Estrada da Graciosa – e se perderam. Um dos rapazes conseguiu entrar em contato com os bombeiros pelo celular e pediu ajuda.

A falta de conhecimento da região e o fato de que já estava escurecendo – os rapazes teriam começado a subir a trilha no final da tarde de domingo (19) - teriam sido os fatores que levaram o grupo a se perder. Os quatro tiveram ferimentos leves, mas, segundo os bombeiros, não houve necessidade de serem encaminhados ao hospital e foram liberados.

De acordo com o cabo Sebastião Alves, do grupamento dos bombeiros de Morretes, as buscas começaram por volta das 19 horas do domingo (19), mas os rapazes foram encontrados apenas por volta das 2 horas da segunda-feira (20). O fato de os quatro terem continuado a caminhar pela mata dificultou o resgate.

Alves destacou que esse tipo de ocorrência acontece com maior frequência durante o verão. No entanto, alguns casos ocorrem também durante as férias de inverno, apesar desse tipo de situação não ser comum.

A orientação dos bombeiros é de que não se comece uma trilha sem um guia experiente e que conheça muita bem a região. Outra recomendação é para que esse tipo de atividade seja feita pela manhã e em dias de tempo aberto, pois o risco de sair da trilha é menor. É importante ter um celular, para poder pedir ajuda se for necessário.

O cabo Alves salientou ainda que os turistas devem optar por trilhas mais conhecidas - como o Caminho do Itupava -, pois esses locais são mais bem sinalizados e também são monitorados pelo IAP (Instituto Ambiental do Paraná). O órgão faz um cadastro de todos os visitantes no início e no final do passeio.

Antes de iniciarem esse tipo de atividade, os turistas também têm que procurar um médico para saberem se estão em condições clínicas e físicas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.