Em Guaíra, 900 quilos de maconha foram encontrados em um sítio da cidade | Divulgação / PF
Em Guaíra, 900 quilos de maconha foram encontrados em um sítio da cidade| Foto: Divulgação / PF

Operações da Polícia Federal (PF) e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), realizadas na terça-feira (17) e na quarta-feira (18), resultaram na apreensão de 1,1 tonelada de maconha em três municípios do Paraná.

Em Terra Roxa, no Oeste do estado, depois de um período de investigações, a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão na tarde de terça em um sítio localizado na Vila Gauarani. No local, foram encontrados 900 quilos de maconha. Um homem de 65 anos, que estocava a droga, foi detido pela polícia. Segundo as autoridades, o filho do suspeito detido também está envolvido com o tráfico e ainda está sendo procurado. O acusado e a carga irregular foram encaminhados para a delegacia da PF no município de Guaíra.

Também na região Oeste, mas em Foz do Iguaçu, a PF encontrou na tarde desta quarta-feira, durante fiscalização de rotina, 61 quilos de maconha em duas malas de viagem que estavam em um Chevrolet Prisma. O condutor do veículo, um rapaz de 21 anos, foi preso e levado para a delegacia da PF, onde vai responder por tráfico de drogas. Na mesma cidade, um adolescente de 16 anos foi apreendido com 12,5 quilos de maconha por uma equipe da Denarc. O menor de idade foi flagrado, na noite de terça-feira, em um ônibus que se encaminhava para Ponta Grossa. Depois de detido, o jovem admitiu que receberia R$ 350 para transportar a droga. Eles está internado no Centro de Socioeducação (Cense) do município.

Na região dos Campos Gerais, em Palmeira, 187 quilos de maconha foram localizados depois de uma fiscalização realizada na BR-277. O entorpecente estava escondido em uma carga de trigo que era transportada em um caminhão que se dirigia para Curitiba. Dois homens foram presos, e segundo a polícia, um deles já é condenado por tráfico de drogas, mas estava cumprindo a pena em regime aberto.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]