Para o curitibano que aproveitou o feriadão prolongado esta terça-feira (8), Dia de Nossa Senhora da Luz, padroeira de cidade, promete ser de trânsito intenso nas principais rodovias de acesso à capital. Na BR-277, sentido Litoral-capital, a estimativa é de que 37 mil veículos passem pela rodovia. A assessoria de comunicação da Ecovia está recomendando aos motoristas que evitem cair na estrada entre 9 e 22 horas, horários de maior concentração de veículos e de tendência a engarrafamentos, principalmente nas proximidades da Praia de Leste. Por volta das 9h30, o fluxo era considerado alto, com 714 veículos passando por hora pela praça de pedágio.

Também na BR-277, agora no sentido interior-Curitiba, a tendência é de movimento intenso a partir das 9 horas, mas sem expectativa de filas. A concessionária está recomendando que os motoristas optem por sair mais cedo ou mais ao fim de tarde.

A situação na BR-376, que liga o Paraná aos balneários catarinenses, deve ser de fluxo menor, mas de atenção redobrada.

Obras no km 11, em Garuva, e no km 617, em São José dos Pinhais, devem deixar o trânsito mais lento nas duas regiões. A estimativa é de que 33 mil veículos voltam para o Paraná nesta terça-feira, o que corresponde a um movimento 30% maior do que a média de um dia normal.

Na BR-116, a volta de São Paulo pode ser complicada principalmente na região de Campina Grande do Sul, que registrou engarrafamento durante a tarde de segunda-feira (7). Contudo, a expectativa é de trânsito intenso, mas sem congestionamentos.

Segunda-feira

Muitos decidiram voltar ainda nesta segunda-feira (7). Na BR-277, no sentido litoral-capital, a Ecovia registrou, durante a tarde, a média de 1.600 carros por hora , o que corresponde ao triplo do movimento de um dia normal. Até às 20 horas, mais de 18 mil veículos passaram pela rodovia. O fluxo intenso ocasionou alguns pontos de tráfego mais truncado. Contudo, a concessionária não registrou nenhum acidente grave, nem focos de engarrafamento. A região da Serra do Mar foi a mais movimentada, com 2 mil veículos por hora no final da tarde. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também não registrou nenhuma ocorrência grave.

A situação nas estradas do interior exigiu mais atenção. Na BR-277, no sentido interior-Curitiba, o fluxo foi 60% maior do que a média, com picos de 2700 carros por hora. De acordo com os dados da concessionária Rodonorte, o feriado de 8 de setembro em Curitiba deu uma aliviada no tráfego. Também não foram registrados engarrafamentos e acidentes graves. Por volta das 16h30, um acidente entre um carro e uma motocicleta no Km 123, em Campo Largo, deixou o trânsito mais lento na região. O motociclista teve ferimentos leves e foi encaminhado a um hospital da região.

Na BR-376, o trânsito foi carregado, mas dentro das estimativas feitas pela concessionária. Segundo a Autopista Litoral Sul, mais de 48 mil veículos passaram pelos dois sentidos da rodovia até às 20 horas, sem pontos de lentidão.

Congestionamento

A volta de São Paulo para Curitiba, pela BR-116, registrou engarrafamento de 7 km na região próxima de Campina Grande do Sul no fim de tarde. Segundo dados da Autopista Régis Bittencourt, o fluxo médio foi de 900 carros por hora, considerado alto até para os padrões do feriado. Nenhum acidente grave foi registrado.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]