i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Vigilância

Rodoviária vai ganhar 50 câmeras de segurança

  • PorAdriano Kotsan, da Gazeta do Povo Online
  • 25/03/2009 21:09

A Urbs (Urbanização de Curitiba) vai instalar cerca de 50 câmeras de segurança na Rodoferroviária de Curitiba. O prazo para o funcionamento dos equipamentos é de 60 dias, contados a partir da próxima semana, quando devem começar a ser instaladas as fiações das câmeras. A prefeitura havia prometido uma licitação para o início de janeiro deste ano, o que não chegou a ser feito.

Há quatro meses, a estudante Rachel Maria Lobo Oliveira Genofre, de 9 anos, foi encontrada morta dentro de uma mala abandonada. O corpo foi achado na madrugada do dia 5 de novembro do ano passado. A falta de câmeras de segurança suficientes no local foi muito criticada logo após o crime. As imagens, somente do lado externo da rodoferroviária, não ajudaram nas investigações.

Ainda em novembro, a prefeitura prometeu uma licitação para a contratação das câmeras de segurança. No entanto, segundo a assessoria de imprensa da Urbs, o projeto original foi mudado e a licitação, prevista para janeiro deste ano, nem chegou a acontecer. "Uma semana antes da abertura da licitação fomos verificar que tinha uma solicitação da Defesa Social da prefeitura, que também estava desenvolvendo um modelo de monitoramento na cidade, e se discutiu a possibilidade dos dois sistemas se comunicarem. O projeto da rodoferroviária foi refeito", explicou Rubico Camargo, diretor de Desenvolvimento da Urbs.

O sistema será similar aos já usados nas câmeras de segurança instaladas na Rua XV, Largo da Ordem, Parque Barigui e nas Ruas da Cidadania. "A Defesa Social da prefeitura vai ter acesso imediato às imagens das câmeras da rodoferroviária da sala de monitoramento deles e a Polícia Militar também terá uma senha para acessar as imagens", adiantou Rubico Camargo.

O custo para a colocação dos equipamentos vai girar em torno de R$ 380 mil, segundo Camargo, incluindo manutenção pelo período de um ano. "Toda a área da rodoferroviária será coberta. Interna e externa, onde ficam os passageiros, na chegada e na saída das pessoas, nos corredores e nas passarelas."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.