i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
clima

Sequência de dias frios é a mais longa desde 2000

Atuação de duas massas de ar polar contribuiu para queda de temperaturas em várias regiões do país

  • PorRosana Felix
  • 12/06/2016 15:41
Temperaturas começaram a cair no dia 8 e as mínimas ficaram perto de zero desde então. | Lineu Filho/Gazeta do Povo
Temperaturas começaram a cair no dia 8 e as mínimas ficaram perto de zero desde então.| Foto: Lineu Filho/Gazeta do Povo

Há 16 anos não fazia uma onda de frio com duração tão longa como a atual. Análise feita pelo Simepar com dados de Curitiba e Palmas – cidade mais fria do Paraná – mostra que a ocorrência de seis dias sequenciais de temperaturas baixas é a primeira desde o ano 2000. Foram usadas as temperaturas registradas desde quarta-feira e a previsão para segunda-feira (13).

Confira a previsão para os próximos dias em todas as cidades do Paraná

O “frio” faz sucesso no Instagram; veja as melhores fotos

Leia a matéria completa

A meteorologista Ana Beatriz Porto, que fez a análise dos dados, explica que duas massas de ar polar agiram seguidamente, causando essa forte onda de frio que atingiu não apenas o Sul do Brasil, como também Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e até a região Norte. No Rio de Janeiro, a madrugada deste domingo (12) foi a mais fria dos últimos três anos, com 10,8°C.

“Chegou a primeira massa de ar polar e, como sempre ocorre, uma massa de ar frio no meio dela. Mas esse ar frio, que traz nuvens, avançou pelo oceano, e por isso não provocou mudanças. E, na sequência, veio uma segunda massa de ar polar, agindo sobre um ambiente com temperaturas já geladas”, explica Ana Beatriz.

A onda de frio está agindo sobre todo o continente sul-americano, acrescenta a meteorologista. “Passou pela Argentina, Uruguai, Paraguai. É uma grande bolha de ar frio e seco, e por isso há essa sequência de dias muito frios”, disse ela.

Registros

Para esta segunda-feira, a temperatura mínima em Curitiba deve chegar a -2°C, segundo o Simepar. A sequência de dias frios começou na quarta-feira, com temperatura mínima de 2,8°C; na quinta-feira, fez 1,4°C; na sexta-feira, -0,1°C; no sábado, 1,4°C; e -1,1°C no domingo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.