Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

O Shopping Palladium, de Curitiba, conseguiu a extensão para os próximos domingos de uma liminar para impedir entrada de menores de idade. Após a defesa do estabelecimento entrar com novo pedido judicial, o juiz Paulo Bezerril Tourinho entendeu que a medida deve continuar valendo até o julgamento definitivo do processo.

Dessa maneira, menores de 18 anos só poderão ingressar no estabelecimento se estiverem acompanhados de uma pessoa maior de idade ou com apresentação de documento de identificação aos seguranças.

“É um precedente perigoso”, diz constitucionalista sobre liminar obtida pelo Shopping Palladium

Leia a matéria completa

O primeiro pedido do Palladium valia apenas para domingo passado (17), quando estava agendado o evento “Vileiros de Curitiba”, marcado para acontecer em frente ao estabelecimento - e que acabou não sendo realizado. No entanto, os advogados do shopping ingressaram com solicitação da manutenção da liminar que permitia que adolescentes fossem impedidos de entrar no estabelecimento.

Segundo entendimento do magistrado, “é razoável a preocupação do shopping de que os atos e manifestações de violência possam vir a ocorrer em outros finais de semana”.

“É provável que os réus tenham recuado nos seus propósitos e, com isto, aguardam outra data mais adequada para colocar em prática suas pretensões ilícitas. Assim, não se pode descartar que novos ‘arrastões’ ocorram em outros domingos, já que os réus poderão deduzir que o shopping ‘relaxe’ com suas medidas de segurança”, escreve o juiz em sua decisão.

Os réus, em questão, são jovens que participariam da organização do evento e as demais pessoas que teriam participado de uma briga, no dia 10 de janeiro, que culminou com a apreensão de três adolescentes. As imagens filmadas no local mostram jovens e seguranças se confrontando. Ninguém saiu ferido, mas lojistas e funcionários se assustaram com a situação. Muitas lojas pararam de atender e baixaram as portas. Nas redes sociais, funcionários e clientes reclamaram do ocorrido.

A assessoria do shopping informou que o Palladium não irá se manifestar sobre o caso.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]