A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu oito pessoas em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma na manhã desta quinta-feira (30). Um menor de idade também foi apreendido. As pessoas, segundo a polícia, teriam envolvimento com um grupo de "justiçamento" que atuava na zona sul do Rio.

Em fevereiro, um jovem de 15 anos foi preso nu com uma tranca de bicicleta atada ao pescoço em uma placa de trânsito no bairro do Flamengo, na zona sul do Rio, por supostamente praticar roubos na área. Ele teria sido uma das vítimas do grupo de justiceiros.

Nesta quinta, os policiais cumpriram 15 mandados de busca e apreensão nos bairros de Laranjeiras e Flamengo, na zona sul da capital fluminense, dentro da operação "Chafariz", realizada pela 9ª Delegacia de Polícia, sediada no Catete.

Segundo a polícia, os presos são majoritariamente jovens de classe média alta. Durante a ação, os agentes apreenderam diversos tipos de drogas, material para endolação, balança de precisão e armas.

De acordo com o delegado Roberto Nunes, a investigação começou há dez meses por conta dos casos de "justiçamento" registrados na região, como o caso do jovem preso à placa pelo pescoço. Ainda conforme Nunes, foi verificado que os jovens não se limitavam apenas a lesão corporal e praticavam crimes como roubo e furto de automóveis, receptação, estupro, tentativa de homicídio, além de tráfico de drogas e associação ao tráfico. O grupo agia nos bairros do Flamengo, Catete e Laranjeiras.

Foram apreendidas drogas sintéticas, além de maconha e cocaína.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]