i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Doações

SUS reajusta repasses para transplantes de coração em 40%

Ministério da Saúde lançou medidas para aumentar as doações de órgãos. As medidas terão um impacto de R$ 60 milhões anuais no Orçamento

  • PorG1/Globo.com, com agências
  • 25/09/2008 13:35

Fila de transplante poderá ser consultada pela internet

Os pacientes que aguardam transplantes de órgãos no Brasil poderão acessar pela internet sua posição na lista de espera. O Ministério da Saúde espera concluir em até 60 dias a informatização do sistema e permitir que pacientes de todo o país tenham acesso às informações. Essa é uma das medidas anunciadas pelo governo nesta quainta-feira (25) para aumentar o número de transplantes no país.

Leia a matéria completa

Em todo Brasil, 66 mil pessoas esperam por um transplante. No Paraná são quase 5 mil pacientes na fila

O Ministério da Saúde lançou nesta quinta-feira (25) um conjunto de medidas para aumentar as doações de órgãos e melhorar a organização das filas para transplantes. Pelas medidas, os pacientes poderão acompanhar pela internet o andamento da fila.

Segundo o ministério, o sistema de gerenciamento de transplante será unificado por meio de um software, que vai gerenciar as listas nacionais e regionais de doadores e receptores.

Também estão previstos reajustes nos valores pagos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) ao sistema hospitalar por transplantes. O valor pago por transplantes de coração, por exemplo, será reajustado em 40%, enquanto a tabela para transplante de pulmão sobe dos atuais R$ 37 mil para R$ 44,4 mil.

Será melhorada também a remuneração pelo SUS dos exames necessários para que o paciente seja enquadrado na fila de transplante. As medidas terão um impacto de R$ 60 milhões anuais no Orçamento, que já destina R$ 500 milhões por ano para o setor.

Incentivos

As equipes médicas também receberão mais incentivos para captar órgãos. Será dobrado o valor pago aos profissionais que conseguirem por meio de abordagem às famílias obter doações de órgãos.

Haverá também incentivo para a realização de transplantes dos chamados doadores expandidos, portadores de doenças como hepatite, Aids e doença de Chagas. Pacientes dessas doenças poderão optar por receber órgãos de doadores portadores da mesma doença.

Campanha

O Ministério lançou também nesta quinta-feira a Campanha de Doação de Órgãos, que tem como lema "Tempo é Vida". A campanha dura até 12 de outubro e será veiculada por meio de anúncios para a população e para os profissionais de saúde.

A intenção da campanha é conscientizar a população sobre a necessidade da doação de órgãos. No primeiro semestre deste ano foram realizados 8.365 transplantes no país, o que representa um crescimento de 15,68% em relação ao mesmo período de 2007. O total de pacientes na lista de espera reduziu 0,82% caindo de 69.089 para 68.530.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.