Acidente na esquina da Marechal Floriano com a Marechal Deodoro | Daniel Castellano/Agência de Notícias Gazeta do Povo
Acidente na esquina da Marechal Floriano com a Marechal Deodoro| Foto: Daniel Castellano/Agência de Notícias Gazeta do Povo

Um táxi de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, perdeu o controle, atropelou e matou um rapaz que atravessava a Marechal Floriano Peixoto na esquina com a Marechal Deodoro, no Centro de Curitiba. A vítima, de 28 anos, era funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços para o Subway (que fica na esquina das duas avenidas).

Após o atropelamento, o rapaz teria sido arremessado a uma distância de 30 metros e foi parar perto do ponto de ônibus. Ele era morador de Colombo, na RMC, e tinha três filhos.

Antes desse acidente, o táxi colidiu com um Nissan March que estava na altura da faixa de pedestres da Marechal Floriano, segundo relatou o técnico administrativo Rene Toffamai, que presenciou o acidente.

A equipe do Corpo de Bombeiros presente no local confirmou a morte. O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal (IML).

O soldado Thiago Alberto Ribeiro Ramos, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) informou que o taxista tentava fugir quando a equipe chegou ao local, após receber o alerta de uma testemunha. Bastante transtornado, ele informou à reportagem que passou mal enquanto dirigia e sua visão caiu, de forma que perdeu o controle. Ele disse não lembrar do momento do acidente.

O motorista se submeteu ao teste do bafômetro, que não indicou presença de álcool no organismo. De acordo com a Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran), a família da vítima fatal abriu um Boletim de Ocorrência contra o taxista, que deverá responder ao inquérito em liberdade.

A esquina das avenidas foi parcialmente bloqueada e houve queda de energia elétrica no local, devido à batida.

Feridos

Duas pessoas estavam dentro do táxi no momento da batida. Segundo o Hospital Evangélico, onde os passageiros foram encaminhados, Stella de Freitas, de 89 anos, fraturou o joelho e deve ser liberada até o domingo (26). Sergio Fernando de Freitas, de 52, teve fraturas no braço, mas já foi liberado. A motorista do Nissan também foi encaminhada ao hospital; um casal que estava de passageiro no carro não sofreu ferimentos.

Os dois passageiros do táxi e a motorista do Nissan deram entrada no Evangélico, por volta das 21h30. Eles estavam conscientes, foram atendidos no Pronto-Socorro e, por volta das 22 horas, faziam exames de raio-x e tomografia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]