i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
chuva

Temporais causam estragos em 41 cidades do Paraná

Os maiores estragos foram na Região Sudoeste do estado, principalmente na cidade de Santo Antônio do Sudoeste, onde 82 pessoas ficaram desabrigadas e 640 desalojadas

  • PorMarcos Xavier Vicente
  • 08/09/2009 15:11

As fortes chuvas que caem desde a madrugada dessa terça-feira atingiram 41 municípios do Paraná. De acordo com a Defessa Civil, cerca de 7 mil pessoas foram afetadas pelo granizo e o vento forte que atingiram aproximadamente 2 mil casas. Os maiores estragos foram na Região Sudoeste do estado, principalmente na cidade de Santo Antônio do Sudoeste, onde 82 pessoas ficaram desabrigadas e 640 desalojadas.

Na região de Curitiba, o estrago maior foi em Tijucas do Sul. Por volta de 1h40 desta terça, começou uma chuva de granizo que durou 6 minutos - o suficiente para desalojar famílias de 163 residências. Depois do granizo, a chuva continuou até por volta de 5 horas. Ninguém ficou ferido.

A área rural do município foi a mais atingida pela chuva da madrugada, principalmente as localidades de Lagoinha, Gama e Ximbuva. Além das residências, dez granjas também foram atingidas pela chuva de granizo em Tijucas do Sul. "As pedras de granizo chegaram ao tamanho de metade de um ovo", explica o coordenador da Defesa Civil do município, Rodrigo Camargo.

A Defesa Civil estadual encaminhou a Tijucas do Sul 4,2 mil metros quadrados de lona para as famílias atingidas. Até quarta-feira a prefeitura deve finalizar a contabilidade dos estragos. Serão distribuídas telhas para os moradores repararem os estragos.

A chuva desta terça também causou estragos em São José dos Pinhais, Pinhais e Colombo, onde houve alagamentos. Em São José dos Pinhais, os ventos fortes derrubaram árvores em cima de três residências.

Alerta

A Defesa Civil estadual emitiu nesta terça à tarde comunicado de alerta aos municípios de Almirante Tamandaré, Itaperuçu e Campo Magro, todos também na região metropolitana de Curitiba. De acordo com o major Gabriel Mocellin, coordenador da Defesa Civil na região metropolitana, a previsão do Instituto Simepar indicava chuva de granizo nessas cidades no fim da tarde e começo da noite desta terça-feira. "Enviamos o comunicado para que a Defesa Civil desses municípios fiquem preparadas para agir rápido se a chuva de granizo se confirmar", explica o major.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.