i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Violência

Tiroteio assusta moradores do Rio durante ação policial

  • PorAgência Estado
  • 23/09/2008 15:58

A polícia fez nesta terça-feira (23) uma operação com cerca de 200 agentes de delegacias especializadas nos morros do São João e da Matriz, em Engenho Novo, zona norte do Rio de Janeiro, na tentativa de encontrar o traficante Alexander de Jesus Carlos, o Choque, que estaria planejando um ataque aos criminosos rivais do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, que fica do outro lado do morro São João. Quando os agentes chegaram, houve intenso tiroteio e moradores e motoristas que passavam nas ruas de acesso se apavoraram. Quatro pessoas foram detidas para averiguação, mas Choque não foi encontrado

De acordo com o delegado da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), Marcus Vinícius Almeida, informações da área de inteligência da Secretaria de Segurança Pública davam como "certa a invasão para hoje à noite, por isso a ação policial". Choque é um dos líderes do Comando Vermelho e atuante no Complexo do Alemão. Ele é um dos suspeitos de supostamente matar na semana passada, o então chefe da complexo, Antônio José de Souza Ferreira, o Tota.

Numa operação policial na quarta-feira passada, quatro corpos carbonizados foram encontrados no alto do morro da Fazendinha. Entre eles, estaria o de Tota. A polícia não informou se conseguirá fazer exames de DNA nos restos mortais encontrados.

Choque teria se refugiado no morro do São João para fugir da polícia e estaria interessado em tomar os pontos-de-venda de drogas do morro dos Macacos, controlados por traficantes da facção rival Amigos dos Amigos. Durante a ação, a polícia apreendeu cerca de 50 quilos de maconha, crack, um caderno de anotações do tráfico, oito rádios transmissores e cartuchos de fuzil.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.