Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Três lombadas eletrônicas começam a funcionar a partir desta terça-feira (14) em Curitiba. Os equipamentos localizados nos bairros Boqueirão e Água Verde – já estavam instalados, mas não funcionavam. Segundo a Urbanização de Curitiba (Urbs), as lombadas também vão registrar a velocidade das motos. O limite de velocidade é de 40 km/h

As lombadas que entram em operação nesta terça-feira estão localizadas na Avenida dos Estados (entre as ruas Rio Grande do Sul e Mato Grosso), no Água Verde; na Rua João Soares Barcelos (entre as ruas Tenente Tito Teixeira de Castro e Professor José Maurício Higgins), no Boqueirão, e na Rua Maestro Carlos Frank (entre as ruas Cascavel e Doutor Danilo Gomes), também no Boqueirão. Além desses equipamentos, outros oito já haviam começado a funcionar no dia 21 de outubro e três no dia 2 de dezembro.

Fiscalização

Ao passar pelas lombadas eletrônicas, os motoristas devem reduzir a velocidade para 40 km/h, mesmo que a velocidade permitida na via seja superior a isso. Quem exceder este limite pagará multa (entre R$ 85,13 e R$ 574,42) e perderá pontos na carteira. Dependendo da velocidade em que for flagrado, o condutor também pode ter a carteira suspensa e apreendida.

De acordo com a Urbs, ao todo, 50 novas lombadas eletrônicas serão instaladas na capital nos próximos meses. Além desses, 30 equipamentos antigos também serão reutilizados. As lombadas tinham sido desativadas e com a nova licitação serão religadas gradativamente. Todos os equipamentos terão uma tela, na qual será informada a velocidade do veículo.

Confira os endereços das quatorze lombadas eletrônicas no mapa abaixo:

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]