Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
 | Antônio More / Gazeta do Povo
| Foto: Antônio More / Gazeta do Povo

Na próxima terça-feira (26), a Urbanização de Curitiba (Urbs) irá licitar os serviços de fornecimento, instalação, conservação e manutenção do sistema nomenclatura de ruas e praças da capital paranaense. Ao todo, 63.488 placas deverão ser remodeladas, com desenho que permita uma maior visibilidade e facilidade na identificação dos endereços.

As novas placas serão afixadas em postes de semáforos, de concreto, da Copel e postes próprios da empresa vencedora da licitação – neste último também poderá haver exploração publicitária. Mais de 5 mil espaços para publicidade estão previstos.

Dentre as novidades do sistema estão um esquema de cores para identificar a regional de Curitiba em que o cidadão se encontra naquele ponto da rua e o fato de que elas serão reflexivas, facilitando a visualização dos motoristas e pedestres à noite. Ainda, as vias que são conhecidas por dois nomes contemplarão ambos na identificação – um exemplo é a famosa Avenida das Torres, “apelido” da Avenida Comendador Franco.

A licitação ocorrerá na modalidade concorrência pública pela maior oferta. Publicado pela Urbs no último 11 de dezembro, o edital fixa a outorga em R$ 1,9 milhão, valor que pode ser pago em até dez parcelas mensais. O documento também estabelece o repasse ao poder público de, no mínimo, 8% sobre o faturamento com publicidade.

A sessão pública para recebimento e abertura de propostas começa na próxima terça-feira (26), às 9 horas, no auditório da Urbs (prédio central da Rodoferroviária – Avenida Presidente Affonso Camargo, 330 – Jardim Botânico).

Tanto empresas nacionais e estrangeiras podem participar do processo, desde que cumpram as exigências previstas em edital (o documento, “Concorrência Urbs 6/2015”, pode ser acessado no site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, na aba “Institucional - Licitações”). O contrato tem prazo de 20 anos, não prorrogáveis. Ao fim do prazo, os equipamentos serão incorporados ao patrimônio municipal, sem possibilidade de retenção ou indenização.

Informações e esclarecimentos: esclarecimentosedital@urbs.curitiba.pr.gov.br

Colaborou: Mariana Balan

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]