i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Litoral

Análise de balneabilidade será mais rápida nesta temporada

  • PorFernanda Leitóles com informações de Daliane Nogueira
  • 15/12/2008 13:13
Primavera chuvosa e ligações irregulares de esgoto são as principais causas da poluição da água do mar | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Primavera chuvosa e ligações irregulares de esgoto são as principais causas da poluição da água do mar| Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo

As análises de balneabilidade nas praias do Paraná serão mais rápidas nessa temporada. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) inaugurou em parceria com a Sanepar na tarde dessa segunda-feira (15) o Laboratório de Qualidade de Água do Mar (Laquamar), localizado no quilômetro 4,3 da PR-407 (a rodovia das praias).

Com o novo laboratório, as análises deixarão de ser feitas em Curitiba, dando mais agilidade ao processo. Dessa forma, ao invés de 48 horas para a conclusão, a análise ficará pronta em 18 horas, conforme anunciou o secretário estadual de Meio Ambiente, Rasca Rodrigues. A partir do dia 17, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) divulgará semanalmente as condições de balneabilidade das praias do Paraná.

Na inauguração do laboratório, Rodrigues afirmou que a primavera chuvosa e os problemas de saneamento básico no Litoral (uma campanha da Sanepar está cortando o abastecimento de água dos imóveis com ligação de esgoto irregular) são os principais fatores que prejudicam a qualidade da água nas praias. "Não é uma previsão otimista, tendo em vista que a primavera foi muito chuvosa", comenta o secretário.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.