Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

O movimento nas estradas em direção ao Litoral do Paraná quase dobrou no fim da tarde desta sexta-feira (20). Às 21h45, a BR-277 no sentido a Paranaguá registrava fluxo de mil veículos, segundo informou a assessoria de imprensa da Ecovia, concessionária que administra o trecho. O fluxo normal é de até 600 veículos por hora. Conforme o relatório divulgado no site da concessionária, a movimentação mais intensa se concentra na região de São José dos Pinhais.

Para os motoristas que pensam em pegar a estrada neste sábado (21) para o litoral do estado, a previsão é de que a situação fique complicada a partir das 7h da manhã. De acordo com a Ecovia, o pico será entre 10h e 11h, quando o volume chegará aos 1.700 veículos por hora.

Santa Catarina

Já na BR-376, sentido Santa Catarina, o fluxo de veículos é mais alto do que o normal, segundo as concessionárias que administram os trechos. Durante a tarde, pelo menos 1,4 mil veículos trafegaram para as praias catarinenses. O normal é movimento de 800 carros por hora em cada sentido da rodovia.

A concessionária Autopista Litoral Sul, responsável pelo trecho, diz que o movimento é maior do que o esperado e pode alcançar picos de 1.500 carros por hora. De acordo relatório publicado às 17h50, a empresa informa que o trecho segue sem lentidão em ambos os sentidos.

Fim de ano

De 20 a 26 de dezembro, devem circular 187 mil veículos na BR-277, sendo que a maioria (110 mil) segue em direção ao litoral. Entre 20 e 5 de janeiro, cerca de 51 mil carros devem passar diariamente pela BR-376. O volume pode dobrar perto do Natal e Ano Novo. O trânsito deve ficar mais complicado nas regiões de Camboriú, Itajaí e Florianópolis e na Serra do Mar, diz a Autopista Litoral Sul. Nos fins de semana, os horários mais complicados devem ser entre 19h e meia noite na sexta-feira, até meio-dia no sábado e do meio-dia a meia-noite no domingo.

Rodoferroviária

Até a noite desta sexta-feira (20) mais de 30 mil pessoas devem embarcar na Rodoferroviária de Curitiba, afirmou a assessoria de imprensa da Urbanização de Curitiba (Urbs). Para orientar os passageiros, a Urbs informa que montou um esquema especial que contará com cerca de 100 pessoas.

Até a véspera de Natal, na próxima terça-feira, pelo menos 128 mil passageiros devem deixar a capital, segundo cálculo da prefeitura. Com o bloco estadual ainda em reforma em virtude das obras da Copa 2014, apenas o bloco da frente estará operando nesse período. Apesar do transtorno, 4.170 ônibus vão partir do terminal, que recebeu placas de sinalização para orientar os passageiros. Ainda assim, a recomendação é chegar com antecedência para evitar problemas na hora de embarcar, já que os procedimentos de embarque mudaram após o início da reforma.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]