Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Na BR-277 movimento de retorno deve aumentar a partir das 17 horas | Daniel Castellano / Gazeta do Povo
Na BR-277 movimento de retorno deve aumentar a partir das 17 horas| Foto: Daniel Castellano / Gazeta do Povo

Confira como está o movimento das estradas agora

* Na seção Estradas do site Verão da Gazeta do Povo você confere as últimas informações sobre as rodovias que levem às praias.

* Veja também as imagens do fluxo de veículos na BR-277, geradas pela Ecovia.

Inversão na PR-407 na Quarta-Feira de Cinzas

Para melhorar a fluidez do trânsito no retorno para Curitiba, haverá inversãode tráfego na PR-407 – que liga Pontal do Paraná à BR-277 - na Quarta-Feira de Cinzas (17). A Operação Mão Única acontecerá das 8 às 12 horas.

Nesse horário a rodovia terá sentido único dos balneários com direção a 277. Aoperação é feita pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e pelaEcovia.

De acordo com o capitão Valdir Carvalho de Souza, comandante do PRE no Litoral, os motoristas devem deixar as praias durante a inversão para nãopegarem congestionamento. "Na Operação Mão Única a pista da PR-407 que dáacesso às praias de Pontal do Paraná ficará liberada para o retorno. Depois das12 horas, certamente, os motoristas vão ter que enfrentar trânsito lento",afirma o capitão.

Dessa forma, a PRE orienta que os motoristas não deixem para a última hora oretorno para Curitiba.

O mesmo alerta vale para quem está em Guaratuba. Segundo Souza, a melhoropção é seguir pela PR-412 (Guaratuba) rumo à PR-407 durante ainversão. Isso porque a previsão é de haverá trânsito lento na BR-376 comdireção a Garuva (SC).

Já os condutores que forem descer para os balneários de Pontal do Paraná duranteo período da inversão, deverão seguir pela PR-508 (Alexandra-Matinhos).

  • Veja o funcionamento dos shoppings, postos de saúde e serviços públicos em Curitiba no Carnaval

A véspera de Carnaval tem movimento intenso nas estradas que levam ao Litoral do Paraná e de Santa Catarina. E o fluxo de veículos nas rodovias deve aumentar até o fim da tarde desta sexta-feira (12). Até as 15h30, dois acidentes já causavam lentidão ao longo da BR-376.

Na BR-277, que liga Curitiba às praias do Paraná, o movimento se intensifica a partir das 16 horas, quando até 1,6 mil veículos por hora devem trafegar em direção ao Litoral. Mas é entre 17 e 22 horas que o fluxo será maior, segundo a concessionária Ecovia, que administra o trecho. Cerca de 2,2 mil veículos por hora devem passar pela praça de pedágio, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana da capital. Em dias normais, a rodovia registra uma média de 500 veículos por hora.

Já na BR-376, que leva às praias catarinenses, os picos de fluxo podem ser atingidos entre 16 e 22 horas, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). São esperados até 3.500 carros por hora. Em dias normais, esse movimento gira em torno de 600 veículos durante o mesmo período de tempo.

Cerca de 24 mil carros devem descer para as praias nesta sexta pela BR-277, o que representa quatro vezes o fluxo de um dia normal. Na BR-376, o movimento pode ser seis vezes maior do que o habitual da rodovia

Ao longo de todo o feriado de Carnaval, aproximadamente 190 mil veículos devem circular nos dois sentidos da BR-277, de acordo com a estimativa da concessionária.

Acidentes e filas

BR 376 - São 2 mil carros/hora no sentido sul e 1300 em sentido norte, fluindo com lentidão (40 km/h) em toda serra. Deve piorar após 18h. 8 minutes ago from web

Dois acidentes complicaram o fluxo de veículos na BR-376. No quilômetro 671, um carro bateu na traseira de um caminhão por volta das 13h30. O carro pegou fogo, mas o motorista curitibano, que vinha sozinho, foi retirado pelos socorridos apenas com lesões leves nas mãos.

Meia hora antes, ocorreu no quilômeto 672 o capotamento de um veículo com placa de Londrina. O motorista teve fratura de fêmur e a esposa, apenas escoriações. Os dois trechos, que estavam em meia-pista, já foram liberados, mas o fluxo intenso de veículos, que chegou a 2 mil por hora, deixa o trânsito lento na serra até o pedágio, com velocidade média de 40 km/hora.

E o dia já havia começado com acidente nessa rodovia. Por volta das 9h30 uma capotamento no quilômetro 662 da BR-376 havia deixado 15 quilômetro de fila na rodovia. Os passageiros do carro, com placa da Argentina, não sofreram ferimentos graves. Às 12 horas, um veículo saiu pela canaleta em outro acidente sem vítimas que segurou o fluxo momentaneamente, até o trecho ser liberado.

Na BR-277, mesmo com pista molhada no trecho da serra, não havia registro de acidentes até o início da tarde. O movimento é considerado alto, com aproximadamente mil veículos por hora seguindo no sentido Paranaguá.

Rodovias Estaduais

Nas rodovias estaduais o fluxo de veículos era normal às 14 horas, segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). A PR-412, contudo, apresenta movimento baixo, já que poucos carros conseguiam chegar ao local em decorrência da lentidão na BR-376. A previsão é de que o movimento aumente a partir das 15 horas nas PRs 412 (Coroados), 407 (Pontal do Paraná) e 508 (Alexandra-Matinhos). No ferryboat não havia lentidão nem filas.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]