i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Estradas

Fluxo de retorno é cinco vezes maior que o normal na BR 277

Até as 20 horas, 15 mil automóveis haviam subido a serra pela rodovia. Veranista deixou para o fim do dia o retorno à capital. Cinco acidentes foram registrados neste domingo

  • PorAdriana Brum
  • 07/02/2010 17:35

O veranista quis aproveitar o sol forte deste domingo (7) e deixou para o fim da tarde a viagem de retorno. Apesar de fluxo de veículos nas rodovias que ligam as praias à Curitiba ter aumentado a partir das 15 horas, foi a partir das 18 horas que o movimento se intensificou. Na BR 277, administrada pela concessionária Ecovia, o movimento nesse horário era de 2.500 carros por hora retornando do Litoral, em um fluxo cinco vezes acima do normal.

Dos 20 mil veículos esperados para subir a Serra do Mar pela rodovia federal neste domingo, até as 20 horas, 15 mil já haviam completado o percurso. Em outras rodovias, o movimento também aumentou significativamente a partir das 18 horas.

De acordo com a Ecovia e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) é comum que em dias de bastante calor na temporada o veranista estenda um pouco mais a estada no litoral para aproveitar mais o dia e também para evitar o desconforto de dirigir sob o sol forte.

Na maioria das vias, o retorno foi tranquilo e sem incidentes. Na BR 376, porém, um congestionamento de seis quilômetros foi registrado a partir das 18h30, entre os km 616 e 622, próximo ao campus da PUC-PR em São José dos Pinhais. Ao meio-dia, foi registrado um acidente entre duas motos esportivas. Duas pessoas tiveram ferimentos leves.

Na BR 101, que liga Garuva (SC) a Curitiba, houve lentidão no tráfego, gerando congestionamentos de cerca de 10 quilômetros de extensão. A PRF informa que a causa é a demora no semáforo que liga a rodovia federal à PR 412. Em dias de fluxo normal, o semáforo não prejudica o fluxo, mas em dias em que o movimento chega até a triplicar, o congestionamento acontece.

Na PR 407, que liga Curitiba às praias via Pontal do Sul, houve a inversão do sentido de descida da Serra do Mar da 14h30 às 19 horas. Com as duas pistas destinadas ao retorno do veranista à capital, o fluxo seguiu tranquilo, em tráfego intenso, com 1.497 veículos por hora entre as 19 e 20 horas, movimento sete vezes maior que o normal. Ao meio-dia, uma colisão entre um carro e uma moto foi registrado no km 48 da via. O acidente não teve vítimas.

Outros três acidentes foram registrados neste domingo, dois na PR 410, a Estrada da Graciosa. Às 13 horas, quando o trânsito ainda era baixo na via, um automóvel bateu em um anteparo do acostamento e uma vítima foi encaminhada para o hospital em Morretes, com ferimentos leves. Uma hora e quarenta e cinco minutos depois, dois carros colidiram na mesma estrada. Uma vítima encaminhada ao Hospital Angelina Caron, em Curitiba em estado grave conforme informou a PRF.

O acidente mais grave foi registrado pelo Corpo de Bombeiros às 17 horas na PR 408, que liga Morretes a Antonina. Uma mulher, vítima de uma batida entre um carro e uma moto teve fraturas expostas nas duas pernas e foi encaminhada, de helicóptero para o Hospital Regional de Paranaguá. Outra vítima do mesmo acidente teve lesões leves e foi encaminhada ao Hospital de Morretes.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.