Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Orientação é para que comerciante entre em contato com a polícia se desconfiar que a nota é falsa | Hedeson Alves/Gazeta do Povo
Orientação é para que comerciante entre em contato com a polícia se desconfiar que a nota é falsa| Foto: Hedeson Alves/Gazeta do Povo

A Polícia Militar prendeu na manhã desta terça-feira (30) três suspeitos de passar notas falsas no comércio em Matinhos. Gustavo Gonçalves e Diogo Capanema, ambos de 19 anos, e Rafael Cardozo da Silva, 23, foram presos ao tentar comprar pão em um supermercado da região com uma nota falsa de R$ 100. Com eles havia outra nota de R$ 100 e na casa que locaram no bairro Tabuleiro a polícia encontrou mais duas, totalizando R$ 400 em notas falsas. Os três foram encaminhados para a Polícia Federal em Paranaguá.

O gerente do supermercado, Júlio Dela Vega, explica que a operadora de caixa desconfiou da nota passada pelos suspeitos. "Ela identificou que era falsa e chamou os seguranças do estabelecimento, que conseguiram segurar dois homens dos quatro que estavam juntos", diz.

O gerente acionou então a polícia, que foi até a casa em que os suspeitos estavam hospedados. Lá encontraram três outras notas de R$ 100 falsas e um terceiro envolvido. "No local existia ainda algum dinheiro, que pode ser bom (verdadeiro), mas que pode ter sido fruto já de algumas trocas", conta o major Douglas Dabul, subcomandante da Polícia Militar na Operação Verão

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]