i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Trânsito

Volta para casa e chuva deixam tráfego lento em Matinhos

Cidade vive um dia de filas de carros e buzinaços constantes

  • PorRobson Martins
  • 02/01/2009 14:34

Percorrer as principais ruas de Matinhos na tarde desta sexta-feira (2) tem sido um exercício de paciência para os motoristas. Isto por causa do grande número de pessoas que estão saindo da cidade e da chuva. O resultado é trânsito parado, com as ruas engarrafadas e buzinaços constantes.

Segundo Gilmar Alvez Rolin, diretor da Guarda Municipal de Matinhos, os principais problemas ocorrem na Avenida Juscelino Kubitschek, com 5 quilômetros de engarrafamento por volta de 17h30. Além disso, o centro de Matinhos também estava parado na Rua Paranaguá, com 7 quilômetros de congestionamento, e na Rua Roque Vernalia (principal rua de Matinhos) e adjacentes, tendo mais 5 quilômetros de lentidão.

Para escapar de passar horas parado dentro do carro, Rolin sugere que os veranistas utilizem ruas secundárias e paralelas. De acordo com o represente da Guarda Municipal, a nova administração da cidade está preparando um projeto, que deve ser implantado em 20 dias, em que algumas ruas se tornariam mão única e ajudariam a desafogar o trânsito.

Bom humor

Para as pessoas presas na fila de carros, o bom humor é a única opção para não estragar as férias. É o caso do mecânico de manutenção Edi Wilson Ganzella, 33, que garantia estar tranqüilo em plena Roque Vernalia. Com mais quatro pessoas no carro e depois de demorar 40 minutos para andar 100 metros, ele explicou que o motivo da tranqüilidade era o dia chuvoso. "Quando eu chegar em casa tenho que ficar sentado mesmo", constatou.

Na mesma rua, só que há mais tempo, o empresário Valmir Araújo, 42, ainda acreditava que chegaria a um compromisso com hora marcada. Apesar de estar há uma hora e quarenta minutos no congestionamento e ter percorrido 1 quilômetro, ele parecia resignado. "É normal. Na temporada é assim mesmo".

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

Máximo 700 caracteres [0]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Termos de Uso.