i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
nova mudança

Após gastar R$ 24 mil em quarto de Michelzinho, Temer abandona o Alvorada e volta ao Jaburu

Segundo assessores presidenciais, o peemedebista não se adaptou ao local e reclamou que pouco conseguia ver o filho

    • Brasília
    • Estadão Conteúdo
    • 01/03/2017 17:31
    Temer e Marcela recepcionando aliados em jantar no Alvorada, em outubro. | Beto Barata/PR
    Temer e Marcela recepcionando aliados em jantar no Alvorada, em outubro.| Foto: Beto Barata/PR

    Uma semana depois de ter se mudado para o Palácio da Alvorada, o presidente Michel Temer, a primeira-dama, Marcela e o filho Michelzinho, de sete anos, voltaram a morar no Palácio do Jaburu. “O presidente não se adaptou ao local, achava tudo muito distante e pouco conseguia ver o filho”, afirmou um assessor presidencial.

    Temer, quando regressou nesta terça-feira (28) de Salvador, onde passou os feriados do carnaval na Base Naval de Aratu, já foi direto para o Palácio do Jaburu com a família. “O presidente não gostou de lá, achou muito frio”, prosseguiu o interlocutor. Para o peemedebista, o Jaburu “se parece muito mais com uma casa comum”.

    Conheça o Palácio Jaburu, a nova (velha) casa de Michel Temer

    Leia a matéria completa

    A ida da família presidencial para o Jaburu causou uma enorme polêmica por conta da instalação de uma tela de proteção na varanda do quarto que foi reformado para receber o menino no Alvorada. A reforma custou R$ 24.015,68, segundo informou a Secretaria de Governo.

    A obra foi criticada pelo ex-curador do Alvorada Rogério Carvalho que classificou a iniciativa como “uma barbaridade deplorável”. Ele disse que o Palácio da Alvorada “é um símbolo nacional e não pode ser desfigurado como foi”. Carvalho lembrou ainda que o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama quando se mudou para a Casa Branca tinha uma filha na idade do filho de Temer, sete anos, e nem por isso modificou a fachada da residência presidencial norte-americana.

    A instalação da tela foi autorizada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). A permissão dizia que a instalação é “em caráter temporário” e foi dada para atender a questões de segurança, desde que “nenhum elemento de fixação poderá utilizar as superfícies revestidas em pedra (mármore)”. A área onde foi instalada a tela fica no segundo andar do Alvorada, onde está a parte íntima da residência. Ali existem seis quartos, que sofreram mudanças para receber a família.

    Outra queixa frequente do presidente é que o menino, “que é muito danado”, de acordo com um assessor do palácio, “some a toda hora”, deixando seguranças e a avó, que foi morar com a filha Marcela e o presidente, preocupados. Para receber a família, além da tela, foram reformados armários do local.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

      Receba Nossas Notícias

      Receba nossas newsletters

      Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

      Receba nossas notícias no celular

      WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

      Comentários [ 0 ]

      O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.