Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Caso com Renan não era escondido, diz Mônica Veloso

Crime no Senado

Caso com Renan não era escondido, diz Mônica Veloso

Segundo jornalista, relacionamento com Renan Calheiros era público. Ela afirmou que namoro só começou porque senador teria dito estar separado

  • G1/Globo.com
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A jornalista Mônica Veloso disse, em entrevista exibida neste domingo (7) no programa "Show Business", na Rede TV!, que seu relacionamento com o presidente do Senado, Renan Calheiros, somente existiu porque o senador "disse que estava separado da mulher".

Segundo Mônica, ela só soube que Calheiros ainda vivia com a família, no final de 2003, meses depois do início do namoro.

"Não era nada no escurinho do cinema", declarou a jornalista, que é a capa da revista "Playboy" de outubro. Mônica afirmou os dois saíam juntos para eventos públicos, restaurantes e até jantares do PMDB, em Brasília. Ela disse que não terminou o relacionamento porque estava "completamente apaixonada".

"Se pequei, pequei por amar demais", desabafou.

A jornalista afirmou que sua aproximação do senador não teve interesse financeiro ou de prestígio. Segundo ela, sua carreira estava estabilizada à época do início do relacionamento: "minha vida estava bem organizada". Mônica Veloso atribuiu o início do namoro à "sedução" e à "insistência" de Renan.

O envolvimento entre Mônica Veloso e Renan Calheiros durou pouco menos de três anos e rendeu ao casal uma filha. A suspeita de que o pagamento da pensão da menina teria sido feito com o dinheiro de um lobista rendeu a Renan um processo, do qual foi absolvido no Senado.

Mônica Veloso confirmou que deverá lançar um livro até meados de novembro.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE