Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

São Paulo - O ministro Jorge Hage da Con­­­troladoria-Geral da União (CGU) determinou a abertura de uma investigação interna para saber se entre os recursos supostamente des­­­viados no governo do Distrito Federal há verbas de origem federal.

Já o Tribunal de Contas do Distrito Federal instaurou processo administrativo para apurar o suposto envolvimento do conselheiro Domingos Lamóglia no esquema de corrupção revelado por Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal.

Em reunião extraordinária realizada na segunda-feira, o conselho do tribunal aprovou a recomendação do vice-presidente e corregedor da Corte, conselheiro Manoel de Andrade Neto, e decidiu solicitar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) uma cópia do in­­quérito policial.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]