• Carregando...

O desembargador baiano Cláudio Mascarenhas Brandão tomou posse nesta quinta-feira (11) como ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília.

Brandão é desembargador do Tribunal Regional do Trabalho na Bahia e ocupará a vaga aberta com a aposentadoria de Horácio Raymundo de Senna Pires. Ele vai integrar a 7ª Turma do Tribunal, presidida pelo ministro Luiz Philippe Vieira de Mello Filho.

A cerimônia foi realizada com a presença do presidente do TST, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, do vice-presidente, Antônio José de Barros Levenhagen, e de ministros da Corte. O ministro Carlos Alberto parabenizou Brandão e ressaltou seu trabalho na área de Processo Judicial eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT).

Em abril deste ano, a presidente Dilma Rousseff indicou Brandão para ocupar o cargo, após ele integrar uma lista tríplice, na qual concorreu com os desembargadores Jane Granzoto Torres da Silva, do TRT da 2ª Região de São Paulo, e Lorival Ferreira dos Santos, do TRT da 15ª Região de Campinas (SP).

Natural de Ruy Barbosa, centro-norte da Bahia, Cláudio Brandão se formou em Direito pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), em Ilhéus, em 1985. Em 2005, obteve o título de mestre em Direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Brandão é professor de Direito Processual do Trabalho e Direito do Trabalho da Faculdade Ruy Barbosa.

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]