A escolha do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como ministro da Casa Civil no lugar de Jaques Wagner é um erro do ponto de vista do funcionamento do governo, na opinião do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “Por aí não vai. Acho difícil. A Casa Civil no Brasil é responsável pelo comando da máquina administrativa não é da política. Precisa de alguém comandar para as coisas acontecerem. Colocar política (na Casa Civil) vai fazer uma confusão no Congresso que vai cobrar vantagens”, avaliou ele, em evento, em São Paulo.

Lula aceita ministério e se livra de Moro

Leia a matéria completa

O ministro da Casa Civil, segundo FHC, é a pessoa que tem de “dizer não”. Com Lula no cargo, de acordo com ele, a administração do país vai sofrer. “Do ponto de vista de como funciona o governo, é um erro. E é qualquer um. Não é o Lula. Pode ser eu. Ele vai fazer política. Não vamos sair desse círculo”, avaliou o ex-presidente.

Lula aceitou nesta quarta-feira (16) o convite da presidente Dilma Rousseff para integrar o governo federal. Ele vai assumir a Casa Civil. Com isso, ganha foro privilegiado e escapa da investigação da Operação Lava Jato conduzida pelo juiz Sergio Moro. A partir de agora, Lula será investigado pela Procuradoria-Geral da República, sob condução do Supremo Tribunal Federal (STF).

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]