O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já autorizou até esta segunda-feira (25) o envio de tropas federais para 11 municípios – 10 de Rondônia e um da Paraíba - para a realização do segundo turno das eleições, que ocorrem neste domingo (31). Outros 115 pedidos ainda aguardam análise dos ministros do TSE. Até o momento, o estado do Pará concentra a maior parte dos pedidos feitos para este segundo turno, 80 ao todo.

Além do Pará, outros cinco estados também pediram reforço. Alagoas pediu reforço federal para nove cidades, Amapá e Paraíba para uma, Piauí 25 e Rondônia, 10 cidades. Em todos esses estados, além da eleição para Presidente da República, haverá também eleição para governador.

No primeiro turno, o TSE autorizou o envio de tropas federais para 256 municípios de 12 estados. Assim como neste segundo turno, o Pará também foi o estado que mais pediu reforço, sendo 108 ao todo. Os tribunais regionais eleitorais têm até o sábado (30), véspera da eleição, para pedir ao tribunal o reforço na segurança. Em casos de emergência, novas concessões de reforço poderão ser feitas até domingo pelo presidente da corte, Ricardo Lewandowski.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]