Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Vida Pública
  3. Eleições
  4. 2014
  5. Claudio Palozi: “Vamos reunir as pessoas para ouvir o que elas precisam”

Galeria dos novatos

Claudio Palozi: “Vamos reunir as pessoas para ouvir o que elas precisam”

A Gazeta do Povo está publicando diariamente um perfil dos novos deputados estaduais e federais eleitos no Paraná. Hoje é a vez de Claudio Palozi (PSC)

  • Taiana Bubniak
Claudio Palozi (PSC), deputado estadual eleito |
Claudio Palozi (PSC), deputado estadual eleito
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Natural de Mandaguaçu, no interior do Paraná, Claudio Aparecido Alves Palozi (PSC) tem 57 anos e conseguiu uma vaga na Assembleia Legislativa com 39.364 votos. Foi a terceira tentativa de se eleger deputado. Ele já havia sido vereador e quatro vezes prefeito de São Jorge do Patrocínio, município que fica no Noroeste do estado na divisa com Mato Grosso do Sul. Na vida pública, também contabiliza a participação na gestão de quatro entidades intermunicipais e deixa claro o apreço pelos cargos que já ocupou. “Eu tenho uma cartilha, que conta toda a minha história”, repete, por várias vezes.

Católico, casado, pai de dois filhos, Palozi afirma que o mandato será para representar a região de onde veio. “Já tenho experiência na política e é meu sonho ser um bom representante do lugar de onde vim”, comenta. A metodologia de trabalho já está clara para ele: “Vamos aos municípios, anunciar que o deputado está lá com um carro de som. Vamos reunir as pessoas para ouvir o que elas precisam. Aí, vamos ver o que é prioridade e atender”, explica Palozi, que quer dar atenção a todas as áreas.

Liderança regional, ele já esteve em outros partidos antes de entrar no PSC. Mas prefere não falar das antigas siglas. “Para que ficar remoendo? Não se tem saudade do que não foi bom”, diz. No partido de Ratinho Júnior, ele alega que teve mais chance para ser eleito, por causa do quociente partidário. “Estou feliz no PSC e concordo com os planos e posicionamentos do partido”, diz.

Por ora, Palozi não tem intenção de ser candidato a outros cargos. “Vou cumprir minha obrigação sendo deputado estadual, em princípio”, comenta. Além da política, entre as ocupações do novo deputado está a de professor da rede estadual e parte de uma sociedade jurídica em Umuarama. Durante o mandato, ele vai manter as viagens entre a capital e o interior. Quando a nova atividade permitir, Palozi diz que ocupará o tempo livre indo à Igreja e meditando.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE