• Carregando...

Uma prova marcada por polêmicas e muita discussão em grupos nas redes sociais. Foi assim o X Exame de Ordem, cujo resultado foi divulgado na terça-feira e com recorde de aprovação: 25,5%. Dos 124.887 candidatos que se inscreveram para a prova desde a etapa inicial, 31.901 obtiveram êxito. A prova anterior teve índice bem inferior, com pouco mais de 10% de aprovados entre todos os participantes. E esse número ainda pode aumentar, já que o prazo para recurso contra a correção da prova só termina às ­­12 horas deste sábado e os dados estatísticos consolidados do resultado final – após a análise e consideração dos recursos interpostos – serão divulgados apenas no dia 26 deste mês.

A grande polêmica desta edição esteve no fato de a banca organizadora ter anulado uma questão da prova da segunda etapa de Direito Civil, conferindo a cada examinando 2,5 pontos na nota final. Candidatos que fizeram a prova de outras disciplinas se sentiram lesados por não terem sido atingidos pela mesma anulação.

Quem não obteve o direito à tão sonhada carteirinha vermelha não pode, nem deve, desaminar. Neste ano há ainda duas oportunidades para consegui-la.

0 COMENTÁRIO(S)
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]