i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
governo

Lula acusa oposição de tentar ganhar Senado "no tapetão"

"Isso não faz parte do jogo democrático", disse presidente. Para presidente do PSDB, "afirmação não tem nenhum cabimento"

  • PorG1/Globo.com
  • 01/07/2009 15:49

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quarta (1) que a oposição quer ganhar o Senado "no tapetão", em referência às pressões de senadores para que o presidente José Sarney (PMDB-AP) deixe a Presidência em razão da crise política que atinge a Casa.

É importante para o DEM e PSDB, que querem que ele [Sarney] se afaste para o Marconi Perillo (senador pelo PSDB-GO e primeiro vice-presidente do Senado) assumir, o que não é nenhuma vantagem para ninguém. A única vantagem é para o Marconi Perillo e para o PSDB, ou seja, que quer ganhar o Senado no tapetão. Assim não é possível. Isso não faz parte do jogo democrático", declarou o presidente.

Lula fez a declaração em Sirte, na Líbia, onde participou da cerimônia de abertura da Cúpula da União Africana.

Por meio da assessoria do partido, o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), rebateu.

"O presidente Lula devia saber que estamos fazendo todo o esforço possível para encontrar uma solução para o Senado. Os senadores do PT sabem disso. Afirmar que o PSDB quer assumir é uma profunda injustiça. O senador Marconi Perillo poderá assumir em prazo muito curto na hipótese de Sarney se afastar. Não é plausível sua afirmação. Um presidente da República não pode viver eternamente em cima de um palanque. Sua afirmação não tem nenhum cabimento", afirmou Guerra.

"Talvez o presidente esteja pensando como os que ele tem defendido, que não tem sido sistemas democráticos, como a Venezuela e o Irã.Talvez contaminado por essa defesa dos dois, ele esteja achando que seus adversários estejam com as mesmas preocupações. Não estamos. A nossa preocupação na reunião da bancada do Senado foi apenas uma posição do partido para que se possa ter uma luz no fim do túnel em relação a essa crise", disse o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), ao G1. Nesta quarta, José Sarney perdeu o apoio do PT, partido de Lula. Integrantes da bancada do PT no Senado decidiram pedir a Sarney que se afaste do comando da Casa por 30 dias.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.