O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (21) que 6 mil quilômetros de ferrovia serão construídos no Brasil até 2013. Ele visitou obras da Ferrovia Norte-Sul e partcipou da instalação de trilhos de ligação entre os estados de Tocantins e Goiás.

Em um discurso rápido, Lula lembrou que o projeto de construção da Ferrovia Norte-Sul foi apresentado durante o governo do presidente José Sarney, em 1987. Segundo ele, até 2003, quando assumiu o governo, as obras andaram lentamente por falta de "interesse" dos governantes. Ele reconheceu, no entanto, que também fez críticas ao projeto na ocasião em que foi lançado por considerar que os trilhos ligariam "o nada ao nada".

"O dado concreto é que essa obra em 17 anos andou apenas 215 quilômetros. A verdade é que vários governos não se interessaram pela obra", disse. Segundo Lula, o objetivo na finalização das ferrovias é fazer com que elas funcionem como uma "espinha de peixe", interligando todos os estados brasileiros.

"A gente vai fazer como se fosse uma espinha de peixe, uma grande ferrovia atravessando todo o território nacional [...] Tudo isso significa mais ou menos quase 6 mil km de ferrovia que pretendemos até 2012, 2013 estar terminando no Brasil ", disse. Para o presidente, o desenvolvimento do transporte no país vai significar "mais emprego, mais salário, mais poder de compra e melhoria da qualidade de vida."

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]